23.6.16

BOWERS & WILKINS


A busca incessante pelo som mais puro que existe. O casamento perfeito entre alta tecnologia e design moderno. Pois é exatamente isso que encontramos em cada produto desenvolvido pela inglesa Bowers & Wilkins, cujas caixas de som estão presentes nos melhores estúdios musicais do mundo. A marca se tornou o sonho de consumo de todos aqueles que prezam pela alta qualidade sonora. Além disso, a beleza dos equipamentos os tornam verdadeiras peças de decoração. 

A história 
Tudo começou em 1965 quando o engenheiro de telecomunicações John Bowers e Roy Wilkins, que se conheceram quando serviam as forças armadas, inauguraram uma modesta loja de reparos de rádios e televisões. No entanto, John era um apaixonado fã de música clássica, que estava desapontado com a reprodução de som que os melhores equipamentos da época ofereciam. Como resultado de sua paixão, ele começou a fabricar alto-falantes em uma garagem localizada na parte de trás da loja. Finalmente em 1966, Jonh Bowers e seu amigo de longa data Peter Haywar fundaram uma pequena empresa de produtos de áudio, chamada B&W Loudspeakers Ltd., na costa sul da Inglaterra, localizada na cidade de Worthing. No ano seguinte a empresa criou seus primeiros alto-falantes que foram adquiridos por uma senhora apreciadora de música clássica, chamada Miss Knight. Esta senhora se apaixonou instantaneamente por Jonh Bowers, devido ao seu vasto conhecimento de música erudita e por ter feito um alto-falante de uma qualidade que ela nunca tinha visto antes. Assim, Miss Kinght pagou a fortuna de £10 mil pelos alto-falantes. Esse dinheiro ajudou alavancar a Bowers & Wilkins para a produção em massa de seus produtos.


Ainda em 1967, a marca lançou no mercado seu primeiro dispositivo, o alto-falante p1. O lucro com a venda deste dispositivo fez com que a empresa investisse em equipamentos de modulação de som, tendo como principal objetivo a produção de alto-falantes de ampla qualidade, além de amplificadores e gravadores, que se tornaram uma solução acessível de preço e ao mesmo tempo, apresentavam uma qualidade superior de som. No início da década seguinte, em 1973, a empresa já exportava 60% de sua produção. A partir de 1974, a marca passou a utilizar o Kevlar como material pela primeira vez e isso deu origem ao excepcional alto-falante B&W 801, lançado no mercado em 1979, de reprodução tão fiel às gravações originais que se tornou referência em quase todos os estúdios de gravação de músicas do mundo, como Abbey Road, Decca e Deutsche Grammophon. Em 1981, a empresa inaugura o mundialmente famoso Steyning Research Establishment, muitas vezes apelidado de “University of Sound” (“Universidade do Som”) pelos jornalistas. Atualmente este laboratório abriga uma competente equipe de engenheiros acústicos e eletrônicos que têm a disposição as melhores tecnologias do segmento para criar produtos inovadores.


Após enorme sucesso do B&W 801, a partir da década de 1990, a B&W lançou inúmeros produtos inovadores, transformando-se em uma marca inovadora no segmento de produtos de áudio, como por exemplo, a caixa Silver Signature, que foi o primeiro alto-falante a utilizar prata ao invés de cobre como condutor de fios e cabos, transformando o hábito de ouvir música em um verdadeiro prazer. A partir do novo milênio, a B&W se popularizou com o surgimento de gadgets como o iPod, modificando a interpretação de ouvir som pela sociedade. Criou assim novos produtos de fácil acessibilidade com uma qualidade diferenciada como fones de ouvido e conquistou novos consumidores. Um dos exemplos é o B&W Zepellin, lançado em 2007 e considerado um dos melhores e mais modernos Dock Stations do mundo, feito sobre o formato único de um Zepellin, aqueles populares dirigíveis do começo do século passado. Essa linha oferece ainda o modelo Air, que permite conectar remotamente todos os produtos da Apple. Tal produto se tornou um cobiçado sonho de consumo para se ouvir musical digital no conforto de casa. Nos últimos anos a B&W, que se tornou referência em áudio de alta fidelidade, ingressou em novos segmentos de mercado com o lançamento de fones de ouvido hi-fi e caixas de som para computadores.


Dos muitos produtos incríveis fabricados pela marca inglesa, provavelmente o mais famoso é o conjunto de caixas de som Nautilus, apresentado ao mercado em 1993. Após cinco anos de desenvolvimento e pesquisas, os engenheiros da empresa descobriram que os cantos vivos das tradicionais caixas de som formavam na verdade gabinetes cheios de distorção, e decidiram buscar nas formas da natureza, mais precisamente na acústica das conchas, uma solução para incrementar a fidelidade do som. E o que se seguiu foi uma música tão real que praticamente poderia ser tocada. E assim, nasceu o conjunto Nautilus, hoje reconhecido por seu design clássico, e que chegou a ser descrito como “talvez o melhor alto-falante que o dinheiro pode comprar”. Por mês, poucas caixas de som Nautilus deixam a fábrica da empresa na Inglaterra, após aproximadamente 44 horas de trabalho artesanal.


Outra estrela em seu portfólio de produto atende pelo nome de B&W 800 Series Diamond, caixas de som com alto-falantes de diamantes lançadas em 2010. Como o diamante é um material extremamente duro, os alto-falantes não sofrem deformações enquanto estão funcionando. E graças a isso, conseguem reproduzir as ondas sonoras de maneira muito mais precisa. Seu formato aerodinâmico, com linhas que lembram as de um avião, não é apenas bonito: também ajuda a reduzir a turbulência do ar na sala, deixando o som ainda mais limpo e agradável. A linha oferece sete modelos de caixas acústicas, que se adaptam a salas e decorações de todos os tipos e tamanhos. Também servem tanto para ouvir música, quanto para ver filmes em home theaters altamente sofisticados, com qualidade de áudio superior à de qualquer cinema. Abbey Road, templo máximo do som, onde John Lennon, Pink Floyd e Radiohead faziam questão de gravar seus álbuns, foi o primeiro estúdio a adotar as caixas de som com alto-falantes de diamantes B&W 800 Series Diamond.


A marca também tem forte presença no segmento de áudio automotivo de luxo. Para se ter uma ideia da qualidade de seus sistemas de som neste segmento, a B&W é responsável pelo desenvolvimento de sistemas de som exclusivos que equipam os automóveis da aristocrática marca britânica Jaguar e os alguns modelos da italiana Maserati e da sueca Volvo. Em 2016, a Eva Automation, uma startup do Vale do Silício, criada em 2014, com foco no desenvolvimento de produtos e sistemas de áudio e vídeo, adquiriu a Bowers & Wilkins, incluindo também as marcas Rotel e Classe Audio – ambas do mesmo grupo.


Há mais de cinco décadas, a B&W busca incansavelmente pela perfeição do som mais puro e isto tem resultado em uma sequência de inovações em caixas acústicas que vêm satisfazendo os ouvintes mais exigentes do planeta. As entusiásticas análises que seus produtos têm recebido e a enorme aceitação global de suas caixas acústicas como monitores para gravações profissionais, como nos famosos estúdios Abbey Road e George Lucas’s Skywalker Sound, ajudaram a B&W a se tornar a marca dominante em caixas acústicas do segmento hi-fi em todo o mundo. Afinal, a fabricante inglesa de alguns dos melhores sistemas de som e alto-falantes do mundo, capazes de reconstruir o ambiente acústico, torna a experiência de escutar sua música preferida em algo indescritível.


Os slogans 
Listen and you’ll see. 
This changes everything.


Dados corporativos 
● Origem: Inglaterra 
● Fundação: 1966 
● Fundador: John Bowers e Peter Haywar 
● Sede mundial: Worthing, Inglaterra 
● Proprietário da marca: B&W Group Ltd. 
● Capital aberto: Não 
● Chairman: Gideon Yu 
● CEO: Joe Atkins 
● Faturamento: £120 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 65 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 1.100 
● Segmento: Equipamentos de áudio 
● Principais produtos: Caixas de som, fones de ouvido, home theater e sistemas de áudio 
● Concorrentes diretos: Bose, Bang & Olufsen, Paradigm, KEF, Dynaudio e Harmand 
● Slogan: Listen and you’ll see. 
● Website: www.bowers-wilkins.com 

A marca no mundo 
A Bowers & Wilkins, líder mundial no mercado de caixas acústicas de alto padrão, comercializa sua linha de produtos em mais de 65 países ao redor do mundo. A B&W é a principal exportadora de caixas acústicas do Reino Unido e a número um em importações pelos Estados Unidos. Além disso, a marca produz alto-falantes, sistemas de som e fones de ouvido de alta qualidade para hotéis de luxo, fabricantes de automóveis e estúdios de gravação. 


Você sabia? 
A paixão da B&W pelo melhor som é tamanha, que entre 1988 e 1996, a empresa teve sua própria gravadora. 
Presente nos melhores estúdios musicais do mundo, as caixas B&W são o que há de mais conceitual, moderno e eficiente no mercado de áudio. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Exame), portais (IG), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 


Última atualização em 23/6/2016

3 comentários:

curso disse...

esse blog tem conteúdo bem relevantes!!!

valdir disse...

É muito legal ver que este universo de design não para cada lançamento melhor.

Jose Cayres disse...

Tecnologia não para como vamos acompanhar!