29.9.16

DADINHO


Quem não conhece aquele doce quadradinho, da embalagem prateada com estrelas, feito à base de amendoim, que é sucesso entre crianças e adultos? Dispensando apresentação, DADINHO, o quadradinho de amendoim mais amado do Brasil, carrega o gostinho nostálgico e incomparável da infância, há mais de 60 anos. Hoje, o produto a base amendoim é uma das guloseimas mais famosas do Brasil, ultrapassando fronteiras, gerações e décadas, e ainda conquistando milhões de fãs. 

A história 
Tudo começou quando a Dizioli, uma tradicional fábrica de doces e chocolates queria lançar um novo produto no mercado para homenagear os 400 anos da cidade de São Paulo, em 1954. Foi então que a empresa lançou no mercado paulista um delicioso doce macio feito à base de amendoim em formato de pequenos cubos. Batizado inicialmente de IV Centenário, a guloseima vinha envolta em um papel metálico, um dos primeiros produtos nacionais a utilizar este tipo de papel metalizado como embalagem e uma grande novidade para a época. Por coincidência ou não, um marco nas comemorações dos 400 anos de São Paulo foi a chuva de prata, com triângulos de papel prateado jogados do céu por aviões. A embalagem original era inspirada na comemoração do IV centenário da cidade de São Paulo e repleta de simbolismo: dentro de círculos azuis, em dois tamanhos, estava gravado a imponente Espiral, símbolo criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer para a celebração da data histórica.


Devido ao enorme sucesso, rapidamente em virtude de seu formato inusitado, que mais parecia um pequeno dado de seis faces, a nova guloseima foi apelidada pelos consumidores de “Dadinho”. A empresa percebendo este fato logo rebatizou o produto oficialmente para DADINHO. Nas décadas seguintes, DADINHO ganhou enorme popularidade, vendido de forma avulsa e sendo presença constante nos caixas de bares, pequenas vendas, bancas de jornal e padarias. Outro fator que impulsionou as vendas da guloseima foi o fato de que DADINHO era dado como complemento de troco para os consumidores. Durante décadas essa guloseima permaneceu na memória de muitos adultos como símbolo da infância.


Nos anos de 1980 DADINHO ganhou enorme exposição nacional ao patrocinar o popular programa de televisão do Fofão. Com isso, se tornou ainda mais popular entre as crianças, ocorrendo um considerável aumento nas vendas. Além disso, DADINHO passou a ser distribuído em outros estados do país. O tradicional cubo de pasta de amendoim foi fabricado pela Dizioli até a década de 1980, quando foi vendido. Após esse período, DADINHO foi fabricado por outras empresas, até ser adquirido por seu atual proprietário, a Bono Gusto, que terceiriza a produção para a Doce Sabor.


“Filho único” por mais de 60 anos, no mês de março de 2016, DADINHO, o tradicional doce de amendoim quadradinho, ganhou uma família de produtos: Dadinho Creme (a versão cremosa de DADINHO em um pote de 180 gramas, ideal para o café da manhã e companhia perfeita para biscoitos doces e salgados, no pão ou até mesmo para rechear a tapioca), Wafer Dadinho Cremoso (irresistível biscoito wafer, crocante e super recheado com pasta de amendoim), Lanchinho Dadinho Cremoso (mini wafers recheados, ideais para lanches rápidos ou entre uma refeição e outra) e Bombom Wafer Dadinho (combinação perfeita do wafer crocante, recheado com Dadinho cremoso e cobertura de chocolate), que chegaram ao mercado para alavancar as vendas da marca através da extensão de produtos. Além dos novos formatos, as tradicionais embalagens do produto, nas versões 90 gramas, 180 gramas, 600 gramas, 700 gramas e 900 gramas, ganharam novo visual. A distribuição dos novos produtos, inicialmente restrita a São Paulo, foi rapidamente ampliada para os estados do Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou recentemente, em 2016, por uma reformulação. O novo logotipo teve as letras alinhadas e adotou uma nova tipografia.


As embalagens da tradicional guloseima também ganharam um novo design, onde o amarelo ganhou mais brilho e ares modernos e acentuados.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Lançamento: 1954 
● Criador: Dizioli 
● Sede mundial: Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Bono Gusto Indústria e Terceirização de Alimentos Ltda. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: Paschoal Del Matto 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: Não (somente presente no Brasil) 
● Segmento: Doces 
● Principais produtos: Balas, bolachas e creme de amendoim 
● Concorrentes diretos: Paçoquita, Amor, Butter Toffees, Nutella, Bauducco, PassaTempo, Triunfo e Aymoré 
● Ícones: A embalagem metálica 
● Slogan: Desde 1954. É um atrás do outro. 

A marca no Brasil 
Atualmente a marca DADINHO oferece uma deliciosa e irresistível linha de produtos, que inclui, além do tradicional doce quadradinho de amendoim, uma versão cremosa e biscoitos recheados. A marca tem forte presença nos estados do sul e sudeste. Por mês, são produzidas 200 toneladas do tradicional doce de amendoim quadradinho. 

Você sabia? 
Como o amendoim é um produto clássico e típico das festas juninas, as vendas de DADINHO nessa época do ano disparam. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Época Negócios, Exame e Embalagem Marca), jornais (Meio Mensagem e Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 29/9/2016

Nenhum comentário: