1.6.06

COPPERTONE


Quem não gosta de se espreguiçar e curtir um dia ensolarado na praia ou na piscina? Além de ser uma delícia, tomar sol fortalece os ossos, pois a luz solar sintetiza a vitamina D em nosso organismo. A exposição aos raios solares, entretanto, requer alguns cuidados especiais. Para se proteger e ganhar um bronzeado perfeito, nada melhor que utilizar os produtos da marca COPPERTONE, autoridade mundial quando o assunto é proteção solar e cuidados da pele.

A história
A história teve início no início da década de 40, quando o farmacêutico norte-americano Benjamin Green, que havia trabalhado no exército criando o primeiro produto capaz de proteger a pele de soldados contra as sérias queimaduras que sofriam nos campos de batalha do Pacífico Sul, se interessou em desenvolver um protetor solar ao notar que os turistas que freqüentavam as ensolaradas praias de Miami passavam no corpo óleo para bebês ou utilizavam outras receitas caseiras de efeito questionável. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele começou a desenvolver um preparado, cozinhando manteiga de cacau em uma cafeteira de granito no fogão de sua esposa. Ele testou as inúmeras fórmulas em sua própria “careca” até se dar por satisfeito. Em 1944 ele resolveu fundar em Miami Beach a empresa Douglas Laboratories para comercializar o produto, que em seus primórdios parecia uma geléia espessa e de cor vermelha.


O novo produto permitia a quem usasse adquirir um tom de pele cobreado, o que, para ele, o ajudou a sugerir um nome para seu produto: COPPERTONE (cor de cobre). O creme protetor Coppertone Suntam Cream, embalado em frascos de 88.5 ml, foi o primeiro produto comercializado pela nova empresa, e as primeiras vendas oficiais foram feitas exatamente no dia 11 de novembro. O produto logo se tornou uma sensação nas praias, hotéis e clubes porque dava proteção contra as queimaduras de sol e permitia, ao mesmo tempo, um bronzeado bonito. O óleo bronzeador COPPERTONE foi somado à linha em maio de 1945, promovido pelo “Selo Cabeça de Índio”, um ícone criado para caracterizar a comunicação do produto, e pelo slogan “Não seja um Cara-Pálida” (Don’t be a pale face), ambos criados por Green.


Inicialmente, as vendas eram locais, mas os turistas de Miami Beach gostaram tanto que um interesse maior foi surgindo. Em 1950, o negócio foi vendido para os empresários C. E. Clowe, George U. Robson e R. Ernest Nitzsche. Os novos donos distribuíram o produto nacionalmente, com propaganda em pontos de venda e cartazes espalhados por diversas cidades litorâneas. Em 1951, eles fundaram o Douglas Laboratories Corporation e, em 1953, montaram uma força de vendas sob o nome de “The Coppertone Sales Force” (Força de Vendas Coppertone). A Plough Inc., uma divisão da Schering-Plough Corporation desde 1971, comprou a COPPERTONE em 1957. Propaganda e distribuição foram incrementadas para alcançar os cenários nacionais e internacionais e vários novos produtos foram desenvolvidos, entre os quais o protetor labial em forma de batom e o bloqueador solar. A marca e seus produtos chegaram oficialmente no Brasil em 1960.


Na década de 70, cientistas do Centro de Pesquisa da COPPERTONE, inaugurado em 1971 na matriz da empresa localizada em Memphis, trabalharam com o U.S. Food and Drug Administration (órgão regulador para alimentos e drogas/cosméticos nos Estados Unidos), durante quatro anos, para definir as categorias específicas e procedimentos para determinar os fatores de proteção solar (FPS). A introdução destes fatores revolucionou a indústria de protetores solares porque ensinou aos consumidores escolher o produto mais indicado para seu tipo de pele. O FPS indica quantas vezes mais uma pessoa pode permanecer ao sol, do que se não estivesse utilizando nenhuma proteção. Atualmente, estes números aparecem nos rótulos de muitos protetores solares. A COPPERTONE começou a colocar números em seus produtos no ano de 1977. A Schering-Plough continuou com pesquisas de mercado e de produtos para sua linha de protetores solares nos anos seguintes que culminaram com o lançamento de inovações como loções; óleos com uma fórmula menos oleosa; fórmulas autobronzeadoras; e hidratantes com Aloe Vera para hidratação da pele após o sol. Além disso, a marca revolucionou o mercado ao introduzir em 1990 a proteção UVA-UVB em sua linha de protetores solares. Recentemente a marca foi adquirida pela Merck & Co., uma das maiores indústrias farmacêuticas do mundo.


Além do compromisso com a proteção solar, a marca se preocupa com a saúde, adicionando em sua linha de produtos ingredientes antioxidantes e hidratantes como um elemento extra para o fortalecimento da pele contra os danos dos raios UV. Pioneira em inovação no segmento, COPPERTONE lançou as primeiras loções do mercado americano na década de 40; definiu os parâmetros de Fator de Proteção Solar (FPS) junto ao FDA, órgão regulatório americano, em 1972; criou em 1985, o primeiro protetor solar que bloqueia os raios UVA (a maior parte dos raios que chegam à atmosfera) e UVB (menos de 1% dos raios, mas nocivo à saúde), lançou o primeiro protetor à prova de suor, os primeiros protetores infantis, protetor solar para peles sensíveis e o que não possuía óleo em sua base para pessoas de pele oleosa ou com tendência a acne. As últimas novidades da marca, especialmente para o mercado brasileiro, é a ampliação de suas linhas com mais opções de FPSs (fatores de proteção solar) e um lançamento dedicado à pele dos bebês, “livre de lágrimas” e FPS 50.


A linha do tempo
1958
Lançamento do protetor labial em forma de batom (Lipkote).
1960
Lançamento da loção bronzeadora QT Quick Tanning que continha um ingrediente para rápido bronzeado, inaugurando mais uma categoria de produtos.
1980
Lançamento do protetor solar somente para o rosto (For Faces Only) criando um segmento inteiramente novo no mercado de protetores solares de produtos exclusivos para o rosto. 1983
Lançamento do protetor labial em forma de batom com bloqueador solar fator 15.
1985
Lançamento do COPPERTONE ALOE VERA GEL para hidratação após o sol.
1986
Lançamento do COPPERTONE NATURAL TAN ACELERATOR (Acelerador Natural do Bronzeado).
A linha básica COPPERTONE é totalmente reformulada com fórmulas à prova d’água.
1987
Lançamento do COPPERTONE WATER BABIES, uma linha completa de protetores à prova d’água especialmente desenvolvida para bebês.
1991
Mais suma vez causou uma revolução no mercado ao introduzir a linha COPPERTONE SPORT, uma nova categoria de filtros e protetores de altíssimo desempenho para esportistas à prova de suor.
1993
Lançamento da loção COPPERTONE KIDS especialmente desenvolvida para crianças com fatores de proteção FPS 15 e FPS 30, sendo o primeiro protetor com 6 horas à prova d'água.
1995
Lançamento da linha COPPERTONE OIL FREE (não-gorduroso), composta por produtos feitos sem óleo em sua formulação.
2001
Lançamento do spray COPPERTONE KIDS FPS 30, um protetor solar de fácil aplicação.
Lançamento do COPPERTONE ENDLESS SUMMER, que prometia produzir uma cor visível em exatos 30 minutos.
Lançamento do protetor solar com foto estabilizadores.
2005
Lançamento da linha COPPERTONE CONTINUOUS SPRAY. Sua tecnologia de ar comprimido, por meio de uma válvula, permite um spray contínuo e uma aplicação rápida e fácil em qualquer ângulo, mesmo quando a embalagem estiver de cabeça para baixo, sendo ideal para as áreas de difícil alcance do corpo.
2012
Traz para o Brasil uma nova geração de protetores solares não oleosos e ultraleves.


A garotinha
Em 1953, a garotinha COPPERTONE, chamada de Little Miss, símbolo máximo da marca, apareceu pela primeira vez na área de Miami com seu companheiro inseparável, um cachorrinho preto da raça Cocker Spaniel, que puxava seu biquíni e mostrava sua marca de sol, acompanhada pelo slogan “Don’t be a Paleface” (Não seja um Cara-Pálida). Apesar de muitos acreditarem que a pequena menina foi inspirada em uma foto da atriz Jodie Foster quando tinha apenas três anos, a imagem foi criada pela agência de publicidade Tally Embry Advertising, e redesenhada pela artista Joyce Ballantyne Brand em 1959 que utilizou sua filha Cheri como inspiração para recriar a personagem, depois que um incêndio destruiu os rascunhos originais. A relação da marca com a atriz Jodie Foster começaria somente em 1965, quando ela com apenas três anos estrelou um comercial da COPPERTONE. Em 1955 foi introduzido o famoso slogan “Bronzeie-se, não se queime... Use Coppertone” (Tan - Don’t Burn... Use Coppertone) para acompanhar a personagem. A personagem desembarcou no Brasil em 1960, quando a marca foi lançada no país. A imagem da garotinha com seu cãozinho marcaram uma época e é até hoje a marca registrada de COPPERTONE.


O ícone da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. Com a chegada do século 21 e juntamente com a mudança de conceito em relação à exposição ao sol e nudez, a marca revisou seu ícone e hoje só o que se vê são as costas da menina.


A evolução visual
A identidade visual da marca passou por pequenas alterações ao longo dos anos, mas sempre manteve como símbolo principal a simpática “garotinha”.


Os slogans
Embrace the sun. (2011)
Mais que Proteção. Bem-estar ao Sol. (2011)
So you can enjoy the Sun. (2010)
A marca da sua pele. (2008)
Seu corpo protegido, sua pele bronzeada. (2001)
Block the Sun, Not the Fun! (1998)
Tan - Don’t Burn...Use Coppertone. (1955)


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Lançamento: 11 de novembro de 1944
● Criador: Benjamin Green
● Sede mundial: Whitehouse Station, New Jersey
● Proprietário da marca: Merck & Co., Inc.
● Capital aberto: Não
● CEO & Presidente: Kenneth Frazier
● Faturamento: US$ 1 bilhão (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Presença global: + 120
● Presença no Brasil: Sim
● Segmento: Proteção solar
● Principais produtos: Protetores e bronzeadores solares
● Principais concorrentes: Banana Boat, Hawaiian Tropic, Australian Gold e Sundown (Brasil)
● Ícones: A pequena garotinha
● Slogan: Embrace the sun.
● Website: www.coppertone.com

A marca no mundo
A linha de produtos COPPERTONE, composta por bronzeadores, protetores e bloqueadores solares para crianças, adultos e pessoas que praticam atividades esportivas ao ar livre, atendendo democraticamente as necessidades de cada tipo de pele, é vendida em mais de 120 países ao redor do mundo, sendo líder no mercado americano.

Você sabia?
Joyce Brand morreu em 2006 aos 88 anos. Ela foi responsável pelo desenho da garotinha que se tornou ícone da marca COPPERTONE, e ganhou US$ 2.500 pela famosa ilustração.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 1/7/2012

3 comentários:

Anônimo disse...

Bem interessante este site!
Sou fã do Coppertone HÁ MUITO TEMPO! O cheiro da loção me lembra o passado, quando eu ia á praia no Rio de Janeiro.
Até estou pensando em comprar um por esses dias...

Rodrigo Rosa (Porto Alegre).

Anônimo disse...

Adorei este post. Estou fazendo uma campanha, para o trabalho de conclusão do curso de publicidade e propaganda sobre a Coppertone. Se tiver mais informações ou se vc puder me informar onde posso consegui-las agradeço de coração.

Bruna Paula (Guarujá SP)
brunapaula@folha.com.br

LuH disse...

Muito bom mesmo. Estava precisando destas informações para fazer um briefing como trabalho para faculdade e escolhemos Coppertone. Ajudou muito. Obrigada galera!