27.7.06

ADOBE


Graças a ADOBE SYSTEMS qualquer pessoa normal pode editar um texto como nas redações de jornais e revistas ou tratar fotografias como vistas na icônica Playboy. Quase todas as imagens vistas em revistas, jornais, cartazes e anúncios — ou em telas de televisão e dispositivos digitais — tiveram o toque de um software desenvolvido pela ADOBE. A marca revolucionou o modo como o mundo interage com as ideias e informações, permitindo elaborar conteúdo visualmente rico e personalizado, a qualquer momento e em qualquer dispositivo. Desde magníficas imagens impressas ou em vídeos e filmes até conteúdo digital dinâmico para diversas mídias, o impacto das soluções ADOBE é evidente em todos os setores e sentido por qualquer pessoa que crie, exiba e interaja com informações. 

A história 
A ADOBE SYSTEMS foi fundada no mês de dezembro de 1982 na cidade de Mountain View no estado da Califórnia por John Edward Warnock e Charles M. Geschke, dois ex-funcionários que trabalhavam no lendário Centro de Pesquisa da Xerox em Palo Alto (conhecido como PARC), pesquisando sistemas gráficos e impressão independentes de dispositivos. Animados com o potencial de seu trabalho em reformular a computação, eles finalmente perceberam que a única maneira de transferir suas ideias do laboratório para o florescente mercado de tecnologia seria criando sua própria empresa. Seus fundadores decidiram batizar a nova empresa com o nome de um riacho, chamado Adobe Creek, que passava atrás da residência de Warnock, na cidade de Los Altos, também na Califórnia. A empresa foi fundada com base em uma premissa simples: como seria possível traduzir com precisão na cópia impressa a beleza do texto e das imagens vistas na tela de computador? Dois anos depois, ao lançar a linguagem de programação Adobe PostScript® (para aplicações de impressão e fontes), eles ajudaram a dar início à revolução na editoração eletrônica ao oferecer uma nova abordagem radical para a impressão de textos e imagens em papel.


Pela primeira vez, um arquivo de computador podia ser impresso exatamente da forma como aparecia na tela, conservando todas as formatações, os elementos gráficos e as fontes intactas. A ADOBE SYSTEMS teve um papel importante na revolução da publicação em desktop quando a Apple Computer licenciou o PostScript® para utilizar na linha de impressoras LaserWriter em 1985. Pouco depois, a empresa lançou as famosas fontes digitais, introduzidas no mercado em um formato chamado TYPE 1. Com base no sucesso da tecnologia PostScript®, a ADOBE se expandiu para aplicativos de desktop com o lançamento de softwares que seriam campeões de vendas e dominariam o mercado como Adobe Illustrator®, Adobe Photoshop® e Adobe PageMaker® — e o setor de design nunca mais foi o mesmo. Esses programas inovadores redefiniram a qualidade e a complexidade das imagens que podiam ser criadas para impressão e posteriormente estenderam esses benefícios para o conteúdo criado para vídeos, filmes, internet e dispositivos de computação alternativos.


Avançando ainda mais em sua concepção de reinventar e melhorar a computação, a ADOBE lançou o software Adobe Acrobat® e o formato Adobe Portable Document Format (popularmente conhecido como PDF), um formato de arquivo capaz de representar documentos originais em duas dimensões sem alterá-los, combinando assim sua experiência em software de desktop com suas raízes na impressão PostScript®. Com o aumento repentino da demanda por conteúdo digital, as soluções da ADOBE SYSTEMS ofereceram um catalisador para transferir ideias desde a concepção através da criação até o fornecimento em qualquer dispositivo digital. Com a nomeação de Bruce Chizen como CEO em 2000, a ADOBE SYSTEMS fortaleceu ainda mais sua liderança no mercado, pois adotou a estratégia de progredir de uma empresa de software de computador para uma fornecedora de plataformas para empresas. Em 2005, com a aquisição da Macromedia, desenvolvedora da tecnologia onipresente Flash e uma pioneira em desenvolvimento da internet e conteúdo multimídia, por US$ 3.4 bilhões, expandiu sua base tecnológica robusta e o portfólio de soluções para cliente. Pouco depois, em 2009, a empresa adquiriu por US$ 1.8 bilhões a Omniture, uma empresa de análise de marketing online. Com isso a ADOBE passou a integrar o software de análise em novas versões das suas ferramentas.


As experiências digitais proporcionadas pela ADOBE estão transformando o mundo. Suas soluções criativas, de marketing e para documentos possibilitam a todos, desde artistas emergentes a marcas globais, dar vida às suas criações digitais, divulgá-las às pessoas certas, no momento certo e alcançar os melhores resultados. Hoje em dia, as soluções desenvolvidas pela ADOBE são usadas diariamente por muitas das empresas líderes mundiais em diversos setores, como publicação, órgãos públicos, serviços financeiros, telecomunicações, publicidade e educação. Entre os clientes globais estão incluídos nomes como Hearst Magazines, Órgão da Receita Federal dos Estados Unidos, Deutsche Bank, Yahoo!, Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), SAP, Walmart e milhares de outras organizações líderes em todo o mundo. Com isso a ADOBE está mudando o mundo por meio de experiências digitais.


A linha do tempo 
1984 
Lançamento do Adobe PostScript®, linguagem de descrição de páginas independente de dispositivos, desenvolvida para impressoras e prensas profissionais, aumentando a confiabilidade dos resultados de documentos ricos em elementos visuais. 
1985 
Lançamento do Adobe PageMaker®, um programa para executar trabalhos na área de edição e editoração eletrônica. Lançado com o nome de Aldus PageMaker, foi comprado pela ADOBE SYSTEMS em 1994 e passou a ser chamado com o nome atual. Durante muitos anos dominou o mercado no campo da produção gráfica, de material publicitário e jornalístico. 
1987 
Lançamento do Adobe Illustrator®, software direcionado para a área de criação eletrônica e construção de gráficos vetoriais. Hoje em dia é o mais conhecido software de desenho vetorial, sendo utilizado por amadores, estudantes e profissionais. 
1990 
Lançamento do Adobe Photoshop®, programa para edição de imagens por meio de pixels. Hoje, o programa é tão famoso que seu nome virou até verbo informal: “photoshopar” uma foto significa alterá-la ou retocá-la. 
1991 
Lançamento do Adobe Premiere Pro®, poderoso software de edição de vídeo e áudio digitais em tempo real e com precisão dos quadros. 
1993 
Lançamento do PORTABLE DOCUMENT FORMAT (PDF), especificação de publicação usada por organizações governamentais, empresas e usuários do mundo inteiro para a troca mais segura e confiável de documentos eletrônicos. 
Lançamento do Adobe Reader®, software gratuito e universal que permite aos usuários dentro e fora dos firewall, a interação com documentos eletrônicos on-line ou off-line. Hoje em dia é distribuído em mais de 34 idiomas nas 10 principais plataformas. 
Lançamento do Adobe After Effects®, ferramenta de efeitos visuais e gráficos com movimento para a produção de vídeos digitais. 
Lançamento do Adobe Acrobat®, família de produtos que oferece aos empresários, bem como aos profissionais da área técnica e de criação uma forma mais flexível, confiável e segura de compartilhar e trabalhar com documentos inteligentes. 
1996 
Lançamento do MACROMEDIA FLASH, o mais avançado ambiente de criação do mercado para desenvolvimento de sites interativos, interação com experiências digitais e conteúdo móvel de alto impacto. 
Lançamento do MACROMEDIA FLASH PLAYER, o mais onipresente Client Runtime no mundo para a execução de sofisticadas experiências nos principais sistemas operacionais, navegadores e dispositivos móveis. 
1997 
Lançamento do Adobe DreamWeaver®, ferramenta líder no mercado de desenvolvimento para a internet, possibilitando aos usuários a criação de design, desenvolvimento e manutenção eficientes de sites e aplicativos com base em padrões. 
1999 
Lançamento do Adobe InDesign®, software com layout e design profissionais que agiliza o fluxo de trabalho de produção e oferece um ambiente de criação mais flexível para elementos gráficos e tipografia sofisticados. O produto revolucionou o mercado de layout de páginas, permitindo que as revistas, jornais e empresas adotassem fluxos de trabalho de impressão modernos e integrados. 
2002 
Lançamento do Adobe Flash Lite®, perfil Flash especificamente desenvolvido para celulares. 
2003 
Lançamento do Adobe Creative Suite®, uma família de ferramentas de produção perfeitamente integradas para cada fluxo de trabalho de criação. O software era um ambiente de design completo que proporcionava aos profissionais de criação tudo o que eles precisavam para criar e publicar conteúdo para impressão e internet de forma rápida, fácil e mais eficiente do que nunca. 
Lançamento do Adobe Acrobat Connect®, solução para comunicações on-line de trabalho e de conferência via internet de alto impacto e de acesso instantâneo a todos os usuários. 
Lançamento do Adobe Flex®, conhecida arquitetura de programação com base em padrões e poderoso conjunto de elementos básicos para criação de um nível de apresentação mais sofisticado e receptivo aos aplicativos empresariais. 
2004 
Lançamento do Adobe LiveCycle®, família de produtos para servidor para empresas que automatizam e simplificam o fluxo de informações, além de ampliar com segurança os processos comerciais além do firewall. 
Lançamento do Adobe FlashCast®, solução completa para atender às necessidades de serviços de dados móveis atrativos, atualizados de forma consistente e de fácil utilização. 
Lançamento do Adobe Reader LE®, software universal otimizado para interação com documentos ADOBE PDF em dispositivos móveis. 
2007 
Lançamento do Adobe Digital Editions 1.0®, aplicativo de software para compra, gerenciamento e leitura de eBooks, jornais digitais e outros tipos de publicações digitais, transformando a experiência de ler textos on-line e oferecendo novas possibilidades criativas para editores. 
Lançamento do Adobe Photoshop Lightroom®, ferramenta essencial para fotógrafos profissionais, fornecendo um aplicativo de gerenciamento fácil e ajustável, e apresentando um grande volume de fotografias digitais que diminuem o tempo na frente do computador. Um programa voltado para edições em massa e que trabalha com formatos não comprimidos de imagem, conhecidos como RAW. 
2008 
Lançamento do Adobe Air®, produto que dá asas à criatividade de designers e desenvolvedores, fornecendo um ambiente de desenvolvimento consistente e flexível para distribuir aplicações para dispositivos e plataformas. 
2012 
Lançamento do Adobe Creative Cloud®, um novo serviço de assinatura que permite a atualização dos programas e serviços auxiliares através de mensalidades. Nesse serviço, o usuário baixa um pequeno gerenciador que dá acesso e controla os programas, que podem ser usados em até duas máquinas diferentes, desde que não simultaneamente. O serviço também oferece aos clientes aplicações e recursos exclusivos, como o Muse, ferramenta para desenhar sites visualmente com saída complacente com padrões web; Edge, para “converter” Flash para HTML5; e Typekit, conjunto de fontes especiais que podem ser exibidas na web. Some a isso 20 GB de espaço na nuvem para armazenar projetos e arquivos com a capacidade de compartilhá-los com diferentes níveis de permissão. Hoje em dia, com mais de 3.6 milhões de membros, o Adobe Creative Cloud® oferece ferramentas de desktop, uma grande variedade de aplicativos móveis complementares, conteúdo para treinamento, serviços e materiais criativos. 
2015 
Lançamento do Adobe Stock®, primeiro serviço de conteúdo “stock” (banco de imagens) integrado diretamente ao processo de criação e ferramentas que os profissionais criativos utilizam diariamente. Disponível por meio do Adobe Creative Cloud®, esse novo serviço simplifica radicalmente a compra e o uso de conteúdo, incluindo fotos, ilustrações e gráficos. Um acervo com a curadoria de 55 milhões de imagens e vídeos de alta qualidade que aumenta constantemente e está profundamente integrado às últimas versões do Photoshop® CC, InDesign® CC, Illustrator® CC e outros programas da ADOBE. O serviço está atualmente disponível em 36 países e em 13 idiomas. 
2016 
Lançamento do Adobe Marketing Cloud Device Co-op®, que possibilita ganho de inteligência no processo de publicidade digital conforme a jornada do usuário; e cujo objetivo é oferecer melhor experiência no relacionamento do consumidor com a marca e eliminar repetição de anúncios em diferentes dispositivos.


O ícone 
As revistas masculinas não vivem sem ele. As atrizes não permitiriam closes. O mar e o céu, belos por natureza, também não reclamam de sua intervenção. Os pneuzinhos das modelos recebem uma recauchutagem. Os caídos são levantados. Onde não tem nada passa a ter. É passe de mágica. É varinha de condão. É mouse na mão. É ADOBE Photoshop®. Quem nunca ouviu falar no Photoshop®, um dos softwares mais famosos da história, que completou em 2015 vinte e cinco anos de enorme sucesso ininterrupto. O programa está envolvido em todo tipo de produção visual impressa, em vídeo ou na internet, estando sempre presente como caixa de ferramentas virtual para designers, artistas, fotógrafos, ilustradores ou engenheiros. Desde a editoração eletrônica, os editoriais de moda, produção de filmes, design de website, criação de aplicativos móveis e agora a impressão 3D, o Photoshop® continua a redefinir indústrias e possibilidades criativas.


O Photoshop® começou como projeto diletante de dois irmãos americanos, fãs de fotografia por influência paterna. Em 1987, John Knoll, um supervisor de efeitos visuais para cinema estava investigando a possibilidade de usar sistemas computadorizados para gerar e manipular imagens de efeitos visuais para filmes. Além da computação gráfica em 3D, ele esperava também poder fazer retoques localizados e alterações tonais - um campo então pouco explorado da manipulação visual. Fotografia e design nem passavam por sua cabeça, inicialmente. Thomas, o outro irmão, cursava engenharia na Universidade de Michigan. Estava criando em um programa de edição de imagem para sua tese de doutorado. O nome do programinha era Display, porque sua função original era simular tons de cinza na tela do Mac, que só suportava pixels totalmente brancos ou pretos.


John viu um potencial comercial viável no Display e incentivou o irmão a colocar mais funções no programa. Thomas trancou a faculdade e mergulhou no projeto junto com o irmão. A primeira versão preliminar do aplicativo com uma aparência mais acabada, chamada ImagePro, rodou em setembro de 1988. Nessa altura, o software já era mais avançado que tudo que existia disponível no mercado. John foi então procurar alguma empresa de software do Vale do Silício para fazer a comercialização. O programa, renomeado para PhotoShop® (inicialmente com S maiúsculo), foi distribuído por um fabricante de scanners chamado Barneyscan. Logo depois, porém, os irmãos fecharam um acordo com a ADOBE, que acolheu o produto, sem adquiri-lo completamente, pagando royalties aos irmãos.
 

O Photoshop® foi oficialmente lançado, após dez meses de desenvolvimento adicional, no dia 19 de fevereiro de 1990, somente para Apple Macintosh, iniciando uma pequena revolução nos tratamentos de imagens digitais. O Photoshop® surgiu comercialmente como um software de retoque para fotografias digitalizadas em scanner. Mas as funções de retoque de imagem da primeira e humilde versão do programa já eram poderosas e fascinantes - um vislumbre de infinito potencial artístico. Inicialmente a ADOBE previa vender 500 cópias por mês. Com o lançamento da segunda versão, o produto também estava disponível para Windows. No início, o programa tinha ferramentas básicas, que foram evoluindo conforme o avanço da tecnologia digital se expandiu (hoje em dia chega a suportar fotos 3D). Rapidamente o programa se estabeleceu como líder absoluto em seu segmento, ofuscando muitos concorrentes que surgiram e cujos nomes hoje estão esquecidos. Em 2015, a ADOBE resolveu celebrar os 25 anos de seu software mais famoso ao som de Aerosmith. O filme homenageia o Photoshop® ao som da balada “Dream On”, de 1973 (clique aqui para assistir). Mais de duas décadas depois, mais de 18 versões, disponível em 27 idiomas, mais de 20 milhões de usuários apaixonados e milhões de cópias e dólares em vendas, o Photoshop® se tornou praticamente onipresente no segmento de edição de imagens. Afinal, o programa tem sido usado para criar imagens de beleza deslumbrante e criatividade realista.


Ao longo dos anos o tradicional ícone do Photoshop® passou por inúmeras alterações e remodelações como pode ser acompanhando na imagem abaixo.


O segredo do sucesso 
O longo sucesso da empresa tem como base sua cultura corporativa inovadora e funcionários competentes trabalhando em países no mundo todo. Há 16 anos consecutivos, a empresa figura na lista de melhores empresas para se trabalhar na América da revista Fortune, obtendo a distinção de ser a empresa de software melhor classificada. A ADOBE também é considerada uma das mais criativas e admiradas empresa do planeta. Ao fornecer doações em dinheiro e contribuições em mercadorias, incluindo softwares, suporte voluntário e treinamento de software para organizações sem fins lucrativos, a empresa também fortalece as comunidades nas quais seus funcionários vivem e trabalham. Em 2006, lançou seu programa filantrópico global, conhecido como Adobe Youth Voices, desenvolvido para ajudar os jovens a interagir com suas comunidades, fornecendo acesso a ferramentas multimídia, treinamentos e uma rede mundial de jovens, professores e líderes do programa em mais de 60 países. Os jovens de 13 a 19 anos envolvidos no projeto AYV abordam os problemas com os quais mais se preocupam produzindo projetos de mídia originais em um processo que incentiva a inovação e o pensamento crítico, além de nutrir seus desejos de colaborar para um mundo melhor. O programa, que já impactou mais de 220 mil jovens, está ativo em mais de 800 escolas e organizações sem fins lucrativos de países como Estados Unidos, Reino Unido, Índia e Brasil. A ADOBE já investiu mais de US$ 55 milhões nesse projeto.


A evolução visual 
O logotipo original da marca foi criado pela designer gráfica Marva Warnock, mulher de John Warnock, um dos fundadores da empresa. Esse logotipo já continha o A estilizado e o nome da empresa por completo. No início da década de 1990, o logotipo foi abreviado apenas para ADOBE. Pouco depois, em 1993, o A estilizado (em branco e vermelho) ganhou destaque no logotipo como símbolo e uma nova tipografia de letra adotada. Mais recentemente este logotipo passou a ser aplicado também em branco com um fundo vermelho.


Os slogans 
Take It./Make It. (Adobe Creative Cloud) 
Better by Adobe. 
Everywhere you look. 
Tools for the new work.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: Dezembro de 1982 
● Fundador: John Warnock e Charles Geschke 
● Sede mundial: San Jose, Califórnia, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Adobe Systems Incorporated 
● Capital aberto: Sim (1986) 
● Chairman: John Warnock e Charles Geschke 
● CEO & Presidente: Shantanu Narayen 
● Faturamento: US$ 4.79 bilhões (2015) 
● Lucro: US$ 478 milhões (2015) 
● Valor de mercado: US$ 50.07 bilhões (setembro/2016) 
● Valor da marca: US$ 6.257 (2015) 
● Presença global: 120 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 14.154 
● Segmento: Tecnologia e comunicação 
● Principais produtos: Programas de editoração e tratamento de imagem, marketing digital e soluções para mídias digitais 
● Concorrentes diretos: Quark, Corel, Apple, Microsoft, Salesforce, Oracle, IBM e Getty Images 
● Ícones: O programa Photoshop® 
● Slogan: Take It./Make It. 
● Website: www.adobe.com.br 

O valor 
Segundo a consultoria britânica Interbrand, somente a marca ADOBE está avaliada em US$ 6.257 bilhões, ocupando a posição de número 68 no ranking das marcas mais valiosas do mundo. 

A marca no mundo 
Hoje em dia a ADOBE, líder em Network Publishing (editoração em rede), comercializa seus produtos em mais de 120 países ao redor do mundo com mais da metade de seu faturamento (aproximadamente US$ 4.8 bilhões em 2015) vindo de fora dos Estados Unidos. Produz soluções de aplicativos para editoração, incluindo aplicativos para internet, impressão, vídeo, comunicação sem fio e em banda larga. Suas ferramentas para projetos gráficos, imagens, mídia dinâmica e de autoria permitem que os clientes criem, controlem e produzam conteúdo visualmente sofisticado. A liderança de mercado é traduzida em dados: o Adobe Reader e o Flash Player estão instalados em mais de 1 bilhão de computadores e dispositivos conectados no mundo inteiro; o Adobe Flash Player está instalado em aproximadamente 98% dos computadores conectados à internet; 50 bilhões de arquivos PDF foram abertos em 2015; mais de 90% dos profissionais de criação têm o Adobe Photoshop® em seus computadores; o Adobe Flash é utilizado por mais de 1 milhão de designers e desenvolvedores; e o software Adobe Dreamweaver possui mais de 5 milhões de usuários ativos. 

Você sabia? 
Na sede mundial da empresa, localizada em San Jose na Califórnia, estão alocados aproximadamente 40% de seus mais de 14.000 funcionários. Além disso, a empresa possui centros de desenvolvimentos em Orlando (Flórida), Seattle (Washington); San Francisco e San Luis Obispo (Califórnia); Minneapolis, (Minnesota); Newton, (Massachusetts); Ottawa (Canadá); Hamburgo (Alemanha); Noida e Bangalore (Índia); Beijing (China) e Bucareste (Romênia). 
Anualmente, a principal conferência da criatividade (batizada de ADOBE MAX) reúne mais de 9 mil dos principais profissionais de criação do mundo e os melhores especialistas do setor para aprender, compartilhar, criar, conectar e jogar. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), jornais (Valor Econômico, Folha e Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 21/9/2016

2 comentários:

Joaozinho disse...

Muito obrigado tava precisando de uma ajuda para fazer um trabalho sobre a Adobe Systems, vai ser de grande ajuda mesmo.
=P

design disse...

Está aí uma marca que 99,9% dos designers usam!