3.5.07

BOURJOIS


O principal fator de sucesso da marca francesa de maquiagens BOURJOIS, que há mais 150 anos tem definido padrões de sedução e qualidade, é o entusiasmo e o cuidado meticuloso com os detalhes em cada etapa de desenvolvimento de seus produtos. Além disso, sua reputação também repousa sobre as qualificações de suas pesquisas cosméticas laboratoriais e nas mais modernas técnicas utilizadas em seus centros de produção. Para a BOURJOIS, maquiagem é, acima de tudo, diversão e “alegria de viver”. 

A história 
Em meados do século 19 usar maquiagem não era coisa de mulher de família. Os produtos eram restritos à atrizes e dançarinas, profissões nada respeitadas em uma época de valores machistas e tradicionalistas. Foi nesse contesto que a tradicional marca de maquiagens BOURJOIS (se pronuncia “Bôrjoá”) surgiu em 1863, no bairro dos teatros de Paris, pelas mãos do ator Joseph-Albert Ponsin e de seu sócio Alexander Napoléon Bourjois. Joseph se inspirou nas atrizes da época para criar produtos de maquiagem cênica que eram utilizados durante as peças. Inicialmente ele fabricava os produtos diretamente em seu apartamento. Eram produtos em forma de sticks oleosos das mais variadas cores, como por exemplo, os “Bâtons de Grime”, batizados com nomes de personagens de teatro como O Ciumento, O Egípcio, O Apaixonado e Romeu. Eles também fabricavam a famosa pomada “Blanc de Perles” que deixava a pele dos atores branca. Desde sua concepção, a BOURJOIS se firmaria como uma linha de produtos diferenciados, para utilização nos palcos e, posteriormente, fora deles.


A BOURJOIS então se tornou fornecedora oficial dos teatros imperiais e a atriz Sarah Bernhardt era uma de suas clientes assíduas. A paleta inicial de maquiagem foi rapidamente evoluindo e a variedade dos produtos atraiu um sucesso que ultrapassou o universo artístico. Em 1879 foi lançado o pó de arroz de Java, destinado a clarear a tez e aveludar a pele, que foi adotado imediatamente pelas mulheres e sua venda se estendeu ao grande público. Em 1890, o jovem Alexander Napoléon Bourjois, que havia comprado a empresa, criou a Fabrique Spéciale pour la Beauté des Dames (em português, Fábrica Especial de Produtos para a Beleza das Damas), introduzindo no mercado o primeiro pó compacto do mundo, denominado Manon Lescot em homenagem à famosa atriz francesa. Nesta época, já existia a preocupação em simplificar a beleza e facilitar a vida das mulheres. Com isso foi lançado o L’ami Des Dames, um kit de maquiagem que vinha em uma caixinha cilíndrica azul escura contendo um batom, um pó, uma esponja e um khôl para os olhos.


Em seguida, a BOURJOIS lançou no mercado o primeiro blush em pó, cuja pequena embalagem redonda característica, permanece até os dias de hoje como emblema e principal símbolo da marca. Esse blush era produzido com um processo revolucionário em uma época em que os blushs eram cremosos e oleosos. Eram fabricados com uma mistura de pó, água e pigmentos, colocada para secar no forno para depois ser polida à mão para a obtenção de uma forma definitiva. Através deste sistema, era possível a obtenção de um pó fino, sedoso, transparente e delicado. O blush em pó caiu no gosto feminino, devido a qualidade e a praticidade quanto ao tamanho, que podia ser carregado em qualquer bolsa. Com isso, uma clientela mais ampla foi atraída pela qualidade e diversidade dos produtos, que passaram dos palcos dos teatros para as penteadeiras de milhões de mulheres. Deste momento em diante a marca francesa começaria a ganhar dimensão internacional. Além da inovação constante, foi a alta qualidade de suas maquiagens que construiu a reputação e o sucesso da marca nos anos seguintes.


Em 1924 a marca lançou no mercado seu primeiro perfume, batizado de “Mon Parfum”. Somente em 1928, a BOURJOIS ingressou no mercado americano com o lançamento da linha “Noite de Paris”. Foi nesta época que a empresa começou posicionar suas maquiagens para um público de jovens mulheres ativas. Nas décadas seguintes a marca sempre teve um papel inovador e visionário através do aperfeiçoamento de novos conceitos, texturas inusitadas e maneiras originais e criativas de maquiar-se. Exemplos disso são cores da BOURJOIS, sempre alegres, e os produtos cada vez mais práticos e adaptáveis às mulheres modernas. Além disso, foram lançados inúmeros novos produtos. Na década de 1980 a marca viveu um período de forte expansão internacional. Foi nesta época que a sombras para os olhos, disponíveis em muitas cores, foram introduzidas em sua linha de produtos. Em 1989, a marca foi comprada pela família Wertheimer, controladora da marca de luxo Chanel.


Nos anos seguintes a BOURJOIS introduziu no mercado produtos inovadores como o Docteur Glamour Cosmic, um batom criado especialmente pra dar hidratação máxima aos lábios que aumenta com o uso repetitivo (uma mistura de óleos vegetais que oferece 8 horas de hidratação intensiva após uma aplicação); o Gloss Effet 4D, que devido a uma reserva de micro-partículas peroladas na tampa, dá um visual em quatro dimensões; o Liner Glitter Fizz, um delineador líquido que junta cores intensas e o brilho do glitter; e o Sweet Kiss, um batom com textura leve e alta intensidade que deixa uma sensação de leveza nos lábios, criando um conforto ilimitado.


Outras novidades foram os lançamentos do Delice de Poudre – Poudre Bronzante Fourrée aux Éclats de Soleil, um pó bronzeador com cheiro de chocolate; do Rouge High Tech, um novo batom líquido e transparente, de textura quase virtual e acabamento real, que ao ser aplicado deposita um véu de cor levíssimo, proporcionando a sensação de lábios nus; e do Éclat Minéral, um pó compacto mineral leve, que promete um acabamento mate, luminoso e totalmente transparente. A BOURJOIS está sempre inovando, mas nunca perdeu a sua principal característica: o ar retrô e vintage. E aproveitando a nova tendência vintage a marca lançou no mercado em 2009 a Collection Vintage, uma edição limitada com cinco sombras e três blushes, que proporciona efeito 2 em 1 (que redefine a linha das bochechas quando aplicada na direção dos olhos). Já no início de 2011 lançou uma coleção inspirado no filme Cisne Negro, a Paris Ballerine, linha com batom, blushes, rímel, lápis delineador e esmaltes. Em 2015 a tradicional Coty finalizou a compra por US$ 239 milhões da BOURJOIS, que pertencia a Chanel.


Apesar da tradição de ser uma marca centenária, a BOURJOIS não se prende a produtos antiquados. Investe pesado em tecnologias que melhorem seus produtos, como por exemplo, o esmalte 1 Seconde que possui em sua fórmula silicones voláteis que garantem uma rápida secagem. Além de produtos inovadores, a marca francesa também é conhecida por suas embalagens com um toque retrô. Suas tradicionais caixinhas redondas, reconhecidas como um acessório realmente fashion, são clássicas e atemporais. Cada embalagem é estampada com um desenho exclusivo utilizado pela BOURJOIS em suas primeiras maquiagens e perfumes criados no século XIX e início do século XX.


O segredo da criatividade 
A BOURJOIS é a marca que melhor encarna o espírito da beleza francesa, destinada a todas as mulheres que têm prazer em se maquiar, trazendo para o seu cotidiano toda a magia, o glamour e a experiência de Paris. O sucesso de BOURJOIS se sustenta na qualidade e criatividade. Afinal a BOURJOIS é uma marca cheia de vitalidade e de liberdade de espírito, o que permite a ela ousar com suas novas sombras, aderir à moda das ruas, aventurar-se em desenhos de embalagens, mas, acima de tudo, ousar em ser realmente inovadora. A cor é a bandeira suprema da marca francesa, que conta atualmente com mais de 400 tonalidades diferentes em toda sua gama de produtos. Elas mudam conforme as estações (sempre acompanhando os “visuais”) e as tendências da do mundo da moda. Por isso a BOURJOIS é considerada no segmento de maquiagem uma especialista em cor.


A evolução visual 
A identidade visual da marca francesa passou por algumas remodelações ao longo de sua história. Depois de adotar a cor rosa e a palavra Paris passar a fazer parte de sua identidade visual, o logotipo atual apresentou uma nova tipografia de letra. O logotipo pode ser aplicado também sob um fundo rosa.


Dados corporativos 
● Origem: França 
● Fundação: 1863 
● Fundador: Alexander Napoléon Bourjois e Joseph- Albert Ponsin 
● Sede mundial: Paris, França 
● Proprietário da marca: Bourjois S.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Coty, Inc.) 
● CEO: Bart Becht 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 60 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Cosméticos 
● Principais produtos: Maquiagens, perfumes e produtos corporais 
● Ícones: A caixinha redonda do blush em pó 
● Slogan: Beauty with french accent since 1863. 
● Website: www.bourjois.com 

A marca no mundo 
A BOURJOIS, uma das mais antigas marcas de cosméticos francesas em atividade e uma das mais conceituadas no segmento, comercializa sua completa linha de produtos em mais de 60 países ao redor do mundo através de aproximadamente 23 mil pontos de venda. Entre itens que fazem parte de sua linha de produtos estão também acessórios como lixas de unha, pincéis de todos os tipos e até espelhos. A marca é líder em alguns dos mercados mais atraentes para itens de maquiagem, como Europa Ocidental, Oriente Médio e Ásia. Anualmente são comercializadas mais de 3.8 milhões das tradicionais caixinhas redondas de seus blushes, um dos produtos símbolos da marca francesa. A marca ainda tem uma pequena rede de lojas, batizadas de BOUTIQUE BOURJOIS, com unidades especialmente localizadas na França. A primeira dessas lojas foi inaugurada em Paris no mês de março de 2013, por ocasião da comemoração do 150° aniversário da marca. 

Você sabia? 
A BOURJOIS foi também responsável durante anos pela produção da linha de maquiagem da Chanel, antiga proprietária da marca. 
Em 2013, a marca BOURJOIS estreou no sistema de venda porta a porta no Brasil. Os produtos da marca já eram vendidos no país, há mais de dez anos, em drogarias, perfumarias e lojas virtuais. Foi a primeira vez que a marca atuou no segmento de venda direta no mundo todo. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), sites de cosméticos (Sephora), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 29/3/2016

Um comentário:

Franciele disse...

Ótimo post! estou fazendo uma pesquisa sobre a marca e as informações daqui foram muito úteis ^^