3.6.09

BOUCHERON


Excelência é a palavra exata para definir a grife francesa BOUCHERON, que foi, e ainda é responsável pela criação das mais sofisticadas joias, relógios e objetos de arte, encantando a todos com verdadeiras preciosidades. Hoje em dia a grife está associada ao luxo e a modernidade, criando produtos sofisticados, que incluíram nos últimos anos, as famosas e desejadas fragrâncias, cujos suntuosos frascos guardam verdadeiras joias perfumadas. 

A história 
A história da tradicional marca francesa começou em 1858 quando Frédéric Boucheron, um joalheiro de 28 anos, resolveu abrir sua primeira loja na Galerie de Valois em Palais Royal no centro de Paris. Nove anos depois, em 1867, ele conquistou sua primeira medalha de ouro na Exposição Internacional de Paris (Paris Universal Exhibition) pela criatividade de suas criações. O joalheiro preferido de Napoleão Bonaparte foi um dos primeiros a criar joias com imagens de flores e animais, sendo a serpente o símbolo ícone da grife. Em 1893, ele foi o primeiro joalheiro a abrir uma butique na Place Vendôme, o quadrilátero mais luxuoso de Paris. Uma lenda conta que ele escolheu instalar a loja no número 26 porque aquele era o espaço mais ensolarado da praça, e assim os diamantes brilhariam muito mais quando expostos. Luxuosa e opulenta, decorada com veludo e cristais, a joalheria rapidamente atraiu uma prestigiosa clientela como a Família Real Inglesa (a Rainha Elizabeth é uma colecionadora de joias da marca), o Czar Alexandre III, tradicionais dinastias americanas como os Astors, Vanderbilts e Rockefellers, além das atrizes Sarah Bernhardt, Greta Garbo, Rita Hayworth, Marlene Dietrich, e dos escritores Oscar Wilde e Marcel Proust.


Pouco depois, em 1897, a marca inaugurou sua primeira loja no exterior, localizada na cidade de Moscou na Rússia. Após a morte de Frédéric, em 1902, seu filho Louis assumiu o comando da empresa, dando continuidade ao trabalho do pai, que ficou conhecido como o Joalheiro da Cidade Luz. Já no ano seguinte inaugurou uma loja em Londres e abriu escritório de venda em Nova York. Nos anos seguintes, muitos marajás, milionários e celebridades encomendaram inúmeras joias para a joalheria francesa, cuja fama ganhou ares de idolatria. Em 1959, com a morte de Louis, seus dois filhos, Fred e Gerard, assumiram o comando da BOUCHERON. Neste mesmo ano, Edith Piaf, uma das maiores cantoras francesas e cliente fiel da marca, comprou um luxuoso relógio da grife para presentear o grande amor de sua vida, Marcel Cerdan. A década de 1970 foi marcada pelo início da expansão para o continente asiático com a inauguração de sua primeira loja na cidade de Tóquio em 1973.


Foi somente em 1988, muito depois de alguns de seus concorrentes, que a marca decidiu ingressar no mundo dos perfumes, lançando sua primeira fragrância, Boucheron. O perfume feminino foi inspirado no universo precioso e mágico dos ateliers da Place Vendôme, ou seja, luxo, elegância francesa e classe. O frasco em formato de anel, encomendado ao designer Joel Desgrippes (hoje proprietário da Desgrippes Gobé, uma das mais conceituadas agências de design do mundo) misturava a riqueza do ouro e a pureza do vidro, formando linhas suaves e curvas. Nos anos seguintes, associando os frascos às formas de suas joias, e decorados com pérolas, diamantes e metais preciosos, eles assumiram os mais diversos formatos sofisticados de anéis, braceletes e relógios. Por exemplo, a pérola inspirou a grife à criar o Initial – Le Parfum Perle. Já o Boucheron Pour Homme foi inspirado no clássico relógio retangular da marca, Jaïpur quis enfeitar a mulher com um bracelete e Saphir foi inspirado na safira azul de Kashemir.


Em 2000 o Grupo Gucci comprou a tradicional joalheria, e, desde então, sob o comando do conglomerado de luxo Kering (antigo PPR), vem inaugurando sofisticadas lojas em cidades dinâmicas e atreladas a moda como Tóquio, Londres, San Francisco, Seul, Dubai, Hong Kong e Xangai. Em 2008, ano em que a marca comemorou 150 anos de existência, a BOUCHERON resolveu inovar ao utilizar a internet como meio de divulgação de sua renovação. Uma das ações estabelecidas pela direção da empresa foi a de convidar várias personalidades, entre anônimos e famosos, para dar depoimentos em vídeos divulgados no site da marca. O concurso, encerrado em julho, tinha como júri blogueiros e representantes da maison, responsáveis por escolher o vencedor da história mais emocionante sobre uma joia pessoal. Aliás, pela internet também já é possível conferir a coleção completa da grife (são 1.500 produtos, entre joias, relógios e perfumes) e pesquisar os valores de cada peça, que antes só podiam ser consultados nas lojas da marca.


Outra ação para comemorar essa data tão especial foi uma exposição montada nas vitrines das butiques da grife que convidava o público a descobrir a coleção Boucheron Enchanteur, especialmente criada para esta ocasião, que possuía peças com valores entre €1 milhão a €3 milhões. Entre os destaques estavam um relógio desenhado por Richard Mille, o joalheiro da Haute-Horlogerie; uma série de celulares da marca Vertu (então divisão de luxo da finlandesa Nokia); e um colar desenvolvido em colaboração com a Maison du Chocolat em forma de serpente, que ostentava um diamante de 20 quilates. Totalmente consolidada no presente, a BOUCHERON não deixa de conquistar os mais exigentes clientes com as criações mais belas e preciosas do mundo, que utilizam uma abordagem contemporânea para transmitir seu legado.


A linha do tempo 
1889 
Criação do colar Ponto de Interrogação, que se tornaria um dos ícones da marca. 
1947 
Apresentação do relógio REFLET, um equilíbrio perfeito entre a criatividade de uma joia e a experiência em alta relojoaria. O relógio utilizava uma técnica estética – duas linhas perfeitamente idênticas em volume – cujo resultado era a obtenção de um polido perfeito, ou seja, de um brilho absoluto em todos os ângulos. 
1968 
Criação da linha de joias Snake (serpente), que se tornaria um ícone da marca. 
1988 
Lançamento do perfume BOUCHERON, primeira fragrância da grife francesa. O perfume luminoso e voluptuoso, floral e semi-oriental, rapidamente se tornou um verdadeiro sucesso de vendas. O primeiro perfume-joia da marca não podia ser senão um anel, a joia por excelência. A sua surpreendente concepção segue de muito perto a dos anéis contemporâneos da marca: um aro que evoca o cristal de rocha, com ornatos que formam linhas paralelas trabalhadas em relevo no material, e uma tampa azul da Birmânia, representando o azul intenso das mais belas safiras do mundo. 
1991 
Lançamento do primeiro perfume masculino da marca batizado de BOCHERON POUR HOMME. O frasco de linhas sóbrias, com o formato masculino que se apropria dos códigos da marca, possuía tampa que evocava o caboção de safira. 
1994 
Lançamento do perfume feminino JAÏPUR, um convite a um mundo de cores intensas e cintilantes e à descoberta do charme do Oriente, com todos os seus mistérios e encantos. A fragrância é um buquê floral apetitoso e inebriante com o toque frutado do pêssego, do damasco e da ameixa combinado com acordes florais frescos da rosa imperial e do almíscar branco. Seu frasco luxuoso e feminino foi inspirado no bracelete indiano que era oferecido às noivas, como símbolo de felicidade no casamento. 
Lançamento da sua primeira coleção de óculos. 
1999 
Lançamento do perfume feminino JAÏPUR SAPHIR, uma fragrância floral amadeirada, com notas de pêssego branco, cardamomo, espinheiro e benjoim. O frasco azul é no formato de um bracelete com uma pedra no topo. 
2000 
Lançamento do perfume feminino INITIAL, com um frasco que relembra a suavidade das curvas femininas. 
2004 
Lançamento do perfume TROUBLE, com notas de bergamota, buquê flamboyant, jasmim, âmbar, baunilha e cedro azul. É inspirado nas mulheres apaixonadas e imprevisíveis, que quebram tradições e arrasam tabus, que preferem o risco à responsabilidade. O frasco é a síntese da extravagância. As cores são sedutoras, o vermelho é a tonalidade do rubi, arrebatador e vibrante, a cor da tentação. 
Lançamento do anel QUATRE, que combinava design excepcional com vários tipos de ouro montados com larguras variáveis e cravejados de diamantes. O anel se tornou um dos símbolos da marca e cobiçado por mulheres do mundo inteiro. A segunda edição, lançada em 2011, foi batizada de White Edition, com anéis apresentando a adição de um novo material, cerâmica branca. Já a coleção 2012 apresenta o simbólico anel com ouro negro e ouro branco. 
2005 
Inauguração de suas primeiras lojas em Dubai e Xangai. No ano seguinte foram abertas unidades em Hong Kong e Kuala Lumpur. 
2007 
Lançamento, em colaboração com Girard- Perregaux, de uma nova coleção de relógios. 
Lançamento do perfume feminino MISS BOUCHERON, uma fragrância inocente para mulheres sofisticadas, diferentes, determinadas e com um irresistível toque de extravagância. 
Em uma atitude rara para marca de luxo, lançou seu comércio eletrônico. 
2008 
Lançamento, em parceria com a Vertu, do primeiro celular com detalhes em ouro e pedras preciosas, aliando tradição à tecnologia. O preço desta obra de arte era de €23 mil. 
● Lançamento do perfume feminino B de BOUCHERON, fragrância inspirada pela coleção de joias Exquises Confidences. Apenas uma pedra verde-esmeralda em formato de cabochão e com a letra “B” gravada, a tampa da garrafa da fragrância encanta, em consonância com a concepção da marca de ser discreta e demonstrar sensibilidade. 
2009 
As mulheres têm basicamente dois vícios: doces e joias. A marca francesa então resolveu reunir os dois em uma única peça ao lançar a linha Tentation Macarrons, joias inspiradas naqueles fabulosos docinhos franceses. A linha composta por anéis, brincos e colares faz parte da coleção Gaieté Parisienne, toda em estilo Belle Époque. De ouro amarelo ou branco, os macarrons da BOUCHERON têm a aparência de como se já estivessem sido mordidos. O recheio são pedras preciosas como safira, ametistas, rubis e corais. 
Firma contrato com a Gold & Wood, uma empresa que produz óculos de luxo com armações feitas à mão a partir de madeiras exóticas. As armações, sem qualquer logotipo, são produzidas nas cores cereja, vermelho e marrom. Alguns modelos são adornados com diamantes. 
2013 
Lançamento do perfume feminino PLACE VENDÔME, uma fragrância floral que erradia sensualidade e luxo.


A qualidade excepcional 
Uma das mais respeitadas marcas do exclusivo mundo da alta joalheria, a BOUCHERON tem mais de 150 anos de tradição produzindo algumas das mais belas e valiosas joias do mundo. Além da preocupação com o design clássico e ao mesmo tempo original de suas peças, a empresa tem um grande, para não dizer obsessivo, cuidado com a qualidade e a origem dos diamantes, e criou um controle que atesta a pureza das pedras através de critérios como cor e brilho, tornando as joias ainda mais belas e atemporais.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou recentemente por uma remodelação. Ao adotar uma nova tipografia de letra, delicada e moderna, o logotipo ficou com uma imagem mais sofisticada. O logotipo pode ser aplicado em preto ou dourado.


Dados corporativos 
● Origem: França 
● Fundação: 1858 
● Fundador: Frédéric Boucheron 
● Sede mundial: Paris, França 
● Proprietário da marca: Boucheron S.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária do Kering Grouppe) 
● CEO: Pierre Bouissou 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 50 
● Presença global: 40 países 
● Presença no Brasil: Não 
● Funcionários: 450 
● Segmento: Joalheria 
● Principais produtos: Joias, relógios e perfumes 
● Concorrentes diretos: Cartier, Van Cleef & Arpels, Bulgari, Piaget, Tiffany & Co. e Harry Winston 
● Ícones: Os luxuosos frascos de seus perfumes 
● Website: www.boucheron.com 

A marca no mundo 
Os sofisticados, luxuosos e caros produtos da BOUCHERON são comercializados em mais de 40 países através de mais de 50 lojas próprias, instaladas em cidades como Paris, Dubai, Cannes, Saint-Tropez, Monaco, Londres, Seul, Moscou e Tóquio, e também por meio de aproximadamente 100 distribuidores autorizados, como por exemplo, a luxuosa loja de departamento Neiman Marcus. 

Você sabia? 
Até hoje, a BOUCHERON já criou mais de 22 edições de seus prestigiosos perfumes. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 25/11/2014

Um comentário:

Anônimo disse...

I love Boucheron