24.8.09

VILEBREQUIN


VILEBREQUIN. Para muitos o nome de uma peça de automóvel. Para os mais descolados e abonados, uma famosa grife francesa de bermudas coloridas conhecida por suas estampas inusitadas que envolvem temas tropicais e por usar um tecido exclusivo de secagem rápida. A VILEBREQUIN é presença constante nos melhores e mais badalados balneários do mundo com suas bermudas masculinas, que se tornaram um hit por suas estampas exclusivas e design contemporâneo. 

A história 
A história começou no ano de 1971 em Saint-Tropez, badalado balneário e paraíso dos milionários europeus no sul da França, quando o fotógrafo e jornalista automobilístico Fred Prysquel, sentado no terraço do célebre café Sénequier, divertia-se recortando uma toalha de mesa xadrez em algodão com o intuito de criar, em poucas tesouradas, um calção de banho simples e elegante que fosse apropriado para nadar nas belas praias da região. Após algumas tentativas, resolveu utilizar tela de uma vela de barco, um material que garantia secagem ultra-rápida. Foi o surgimento do conhecido boxer-short, o primeiro calção de banho que chamava a atenção não somente pela estampa como também pelo corte diferenciado, bem diferente aos encontrados na época, e batizado de VILEBREQUIN (nome em francês do eixo central do motor), devido à paixão do criador por corridas de automóveis.


Depois de pesquisar vários tecidos, ele inicialmente começou a produzir seus calções e bermudas em pequena escala, e os vendia somente na chique Riviera Francesa, conquistando a admiração dos frequentadores regulares e celebridades da badalada Saint-Tropez. Nos anos seguintes, a grife francesa tornou-se ícone fashion por aliar modelagens inovadoras aos tecidos de secagem rápida, que se tornaram marca registrada da VILEBREQUIN. Não demorou muito para que suas bermudas de cores fortes e temas florais fossem vistas em abundância nas mais concorridas praias europeias. Nas décadas seguintes a marca conquistou o gosto de sofisticadas celebridades europeias com suas cores vibrantes e estampas divertidas em calções e shorts de banho para homens.


O início da década de 1990 foi marcado por inovações em sua linha de bermuda, como por exemplo, bolso protegido com Velcro e um forro de algodão. Em 1995 a marca novamente revolucionou o mercado ao introduzir o conceito “Like father, like son” (“Tal Pai, Tal Filho”, em português), alimentando o imaginário dos homens em seu desejo de cumplicidade com os filhos. O conceito, incorporado ao universo da marca, apresentava coleções idênticas de bermudas para ambos, adulto e infantil (a partir de 2 anos), se tornando imediatamente ícone e objeto de desejo pelo mundo afora. Apesar do imenso sucesso que a VILEBREQUIN fazia nos balneários mais badalados e chiques do mundo, a primeira loja da marca foi inaugurada somente em 1996 na França. Luxo, elegância e descontração eram os temas que permeavam a decoração da loja. Além disso, vidro e madeira clara acolhiam perfeitamente as cores vibrantes e a riqueza dos estampados.


Foi neste mesmo ano que a marca introduziu no mercado mais dois exclusivos modelos de calção de banho: Okoa, uma bermuda mais longa e com design mais fashion que a tradicional; e Master, mais curto e confortável. Até a virada do milênio, várias outras lojas da marca foram inauguradas em muitas localidades, como em 1999, quando foi aberta a loja conceito em Nova York; além de unidades em Genebra, Paris, Cannes, Marselha e Lyon. Nesta década a VILEBREQUIN expandiu sua linha de produtos introduzindo toalhas de praia, óculos de sol, camisetas, camisas pólos, bonés, chapéus, calças de abrigo, moletons e, mais recentemente uma linha de prêt-à-porter para o inverno, composta por camisas de linho, parcas, calças e até malhas de cashmere. Em 2007, o Fashion Fund One comprou a VILEBREQUIN por aproximadamente US$ 120 milhões.


Em 2008, a VILEBREQUIN chegou ao Brasil com a inauguração de uma loja própria no badalado shopping Iguatemi em São Paulo. E não demorou muito para que outra unidade fosse inaugurada no Rio de Janeiro. Porém, em 2016, devido à crise financeira do país (onde as bermudas custavam entre custa entre R$ 530 e R$ 1.400) a marca francesa encerrou suas atividades no Brasil. Em 2013, após mais de 40 anos de experiência em vestuário masculino, a VILEBREQUIN lançou sua primeira linha de produtos femininos, composta por biquínis, vestidos, shorts, camisetas, bolsas e acessórios. Ainda este ano, a marca lançou no mercado bermudas com estampas, que pela primeira vez na sua história, incluía um personagem famoso, Wally. No ano seguinte, a marca continuou a expandir sua rede de lojas próprias com a inauguração de unidades na Coréia do Sul, Tailândia e Cingapura. Mais recentemente, em 2016, a marca lançou sua primeira coleção de calçados, composta por sandálias, alpargatas e tênis, ampliando assim sua linha de produtos e cada vez mais se tornando uma marca além da moda de praia.


Atualmente, as coleções da marca são super limitadas: apenas 200 estampas diferentes, que tornam seus shorts e bermudas reconhecíveis a metros de distância, são confeccionadas e divididas em 16 modelos de diferentes cortes. Os temas mais frequentes são inspirados na fauna – com preferência pelas tartarugas – e na flora, mas listras e xadrezes também são utilizados. O campeão de vendas no mundo é o modelo Moorea, mais largo e com amarração na cintura, desenhado nos primórdios da marca.


Além disso, a VILEBREQUIN investe na variedade. Para não espantar homens mais conservadores, por exemplo, investe em peças lisas, com mais de 50 diferentes cores. As peças, confeccionadas com um tipo de algodão especial, com toque de pele de pêssego, desenvolvido com exclusividade para a marca com o objetivo de priorizar o conforto, têm um sistema de ilhoses que evita a imagem de bermuda inflada ao sair da água, e um compartimento vedado do tamanho do bolso traseiro para guardar pertences. Não é a toa que a VILEBREQUIN é a única marca de luxo masculina totalmente especializada no universo da praia. Adorada por celebridades como George Clooney, Tom Cruise, David Beckham, Andrea Casiraghi, Leonardo di Caprio, Brad Pitt, Hugh Grant, Robert De Niro, Príncipe William, Barack Obama e Nicholas Sarkozy, que prefere os modelos lisos para ir à praia, muito bem acompanhado da bela ex-primeira-dama Carla Bruni.


A evolução visual 
A identidade visual da VILEBREQUIN passou por pequenas alterações ao longo dos anos. A principal mudança foi à retirada da palavra Saint-Tropez, cidade de origem da marca.


Dados corporativos 
● Origem: França 
● Fundação: 1971 
● Fundador: Fred Prysquel 
● Sede mundial: Genebra, Suíça 
● Proprietário da marca: Vilebrequin International S.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da G-III Apparel Group Ltd.) 
● CEO: Roland Herlory 
● Faturamento: €100 milhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 200 
● Presença global: 55 países 
● Presença no Brasil: Não 
● Funcionários: 500 
● Segmento: Moda de luxo 
● Principais produtos: Bermudas e calções de banho, roupas e acessório
● Concorrentes diretos: Orlebar Brown, Frescobol Carioca, Paul & Shark, Saturdays NYC e Thorsun 
● Ícones: As bermudas floridas e estampadas 
● Website: www.vilebrequin.com 

A marca no mundo 
Atualmente a badalada marca francesa, única a se dedicar exclusivamente a linha praia e lazer para o homem, está presente em 55 países ao redor do mundo e conta com mais de 200 lojas próprias localizadas em cidades chiques e badaladas como Saint-Tropez, Paris, Capri, Milão, Londres, Beverly Hills, Lisboa, Nova York e Los Angeles. Suas roupas e acessórios como óculos de sol e toalhas de praia também são comercializados em dois mil pontos de venda como aeroportos e nas mais badaladas lojas de departamento do mundo. Os maiores mercados da marca são França, Estados Unidos e Itália. A marca francesa pertence ao G-III Apparel Group, que adquiriu a VILEBREQUIN em 2012 por US$ 106 milhões. 

Você sabia? 
Os modelos de bermudas top de linha têm estampa bordada, ponteiras de prata no cordão e número de série. A ideia da marca sempre foi vender bermudas com status de produto de luxo. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 17/5/2017

Nenhum comentário: