7.5.07

POLENGHI


Especialista há mais de 70 anos na arte de produzir os melhores queijos, a POLENGHI busca facilitar a exploração do delicioso mundo dessas delícias, oferecendo uma completa linha de produtos conforme a orientação do consumidor, com opções para o dia a dia e ocasiões especiais. Seus deliciosos queijos são presença obrigatória nas gôndolas dos supermercados e mercearias, no preparo de pratos deliciosos, nas mesas de café da manhã e lanches pelo Brasil afora, transformando milhões de pessoas em verdadeiros “ratinhos”. Tudo isso com o cuidado e o savoir faire (o saber fazer) de dedicados mestres queijeiros. 

A história 
A história teve início quando imigrantes italianos fundaram a CIA. BRASILEIRA DE LATICÍNIOS POLENGHI em 1947 na pequena e pacata cidade de Angatuba, interior do estado de São Paulo. A paixão na arte de fazer queijos de alta qualidade culminou com o lançamento do produto de maior sucesso da marca no ano de 1955: o POLENGUINHO, um queijo pasteurizado vendido em pequenos tabletes que podia ser consumido a qualquer hora e em qualquer lugar, pois não necessitava de refrigeração. O novo produto era produzido a partir de queijos especiais por meio do processo UHT e possuía sabor suave e característico, massa homogênea e textura extremamente cremosa.
   

Rapidamente o Polenguinho se tornou um verdadeiro sucesso no mercado, transformando-se um em um legítimo clássico da marca e presença constante em milhões de lancheiras escolares. E não foi só: prático, saudável e pouco calórico, o queijinho passou a estar presente no dia a dia dos brasileiros, se tornando a companhia certa em viagens, a estrela de um piquenique no parque, o protagonista do café da manhã e parceiro no trabalho. Os rumos da POLENGHI começaram a mudar quando as altas vendas acabaram atraindo a atenção do grupo francês Soparind Bongrain (conhecido atualmente como Savencia Fromage & Dairy), um dos maiores produtores de queijos especiais do mundo, que adquiriu a empresa brasileira em 1977. Este grupo francês nasceu em 1956, em Loraine, França, a partir do desenvolvimento de uma inovação no segmento, “Caprice des Dieux”, que a princípio era produzido artesanalmente por mestres na arte de fazer queijos.
   

Os anos de 1980 foram marcados por outro lançamento (em 1985) de enorme sucesso: ALOUETTE, um queijo cremoso aerado de origem francesa, que chegou a contar com uma linha composta por seis sabores diferentes. Ainda nos anos de 1980, com a força do poderoso grupo francês a marca começou a comprar outras empresas, como por exemplo, a Skandia (1987), fundada em 1945 em Minas Gerais; e a Campo Limpo (1988), fundada em 1936 sendo pioneira na produção de Brie e Camembert no mercado brasileiro.
   

A década de 1990 foi marcada pela ampla diversificação em sua linha de produtos com inúmeros lançamentos, como por exemplo, o Cream Cheese (1993) e a linha de queijos para sanduíches e lanches (1996), oferecidos em práticas embalagens com oito fatias. Em 1999, a POLENGHI entendeu que precisava oferecer o melhor do queijo fresco, com uma textura leve, o sabor suave e a saudabilidade. Foi assim que a POLENGHI criou o FRESCATINO, produzido com apenas três ingredientes: leite, coalho e sal. Com a chegada do novo milênio a POLENGHI resolveu apostar ainda mais na diversificação de seus produtos com a introdução de novas versões de Polenguinho (light e sabores) e o requeijão em 2004, cuja versão cremosa seria introduzida três anos mais tarde.
   

Em 2005, a marca ingressou no segmento de queijos finos com o lançamento bem-sucedido da linha POLENGHI SÉLECTION, composta por queijos especiais tipo Brie, Camembert, Gorgonzola, Gruyère, Maasdam, além do queijo para Foundue. Nesta época, a POLENGHI foi completamente reposicionada no mercado nacional através da inovação e reformulação de embalagens, além de reforçar, com campanhas institucionais, a marca como um todo. Essa década também foi marcada pelo lançamento de novos sabores de Polenguinho, que em 2009 apresentou novas embalagens. Além disso, a empresa buscou no Polenguinho Light os ingredientes mais leves e criou a versão Light Fibras e Cálcio, uma receita perfeita para quem procura qualidade de vida, pois o novo produto possuía apenas 36 calorias por porção e quase o triplo de fibras de uma barrinha de cereais. A versão Tradicional, por exemplo, possui cerca de três vezes mais proteínas e três vezes mais vitamina A do que 100 ml de leite.
   

Nos anos seguintes a marca continuou ampliando sua linha de produtos com grandes novidades, como por exemplo, em 2012 com a linha APÉRITIF POLENGHI SÉLECTION, que trazia três diferentes tipos de queijos - Brie, Bleu de Bresse e Mi–Chèvre (produzido com leite de vaca e cabra) - em um formato prático e exclusivo (alongado), bastava cortar e servir. Além disso, em 2014, incrementou sua saborosa e diversificada linha com mais dois lançamentos: o Creme de Ricota Light e o Queijo Minas Frescal Cremoso. Modernos e versáteis, os produtos podem ser utilizados em diferentes momentos do dia, como opções nutritivas e diferenciadas para acompanhar pães, torradas ou biscoitos salgados, no café da manhã ou em lanches entre as refeições. Além disso, são ótimos ingredientes culinários, servindo como base para receitas, sendo uma excelente alternativa ao creme de leite e ao requeijão.
   

Em 2015, a marca lançou Polenghi Grego, primeiro queijo cremoso com iogurte grego do mercado brasileiro. Outra novidade foi a ampliação da linha de queijos especiais com o lançamento do Brie D’Amour Polenghi Sélection, famoso queijo de Mofo Branco em formato sugestivo: um coração. Em 2016, para atender a alta demanda de consumidores com intolerância a lactose, mas que não abrem mão de um bom queijo, a marca lançou uma completa linha de produtos ZERO LACTOSE, composta pelo Polenguinho, requeijão, cream cheese, Frescatino e queijos fatiados. A nova linha estreou no mercado com a campanha “Querer é Poder, Zero Lactose. Muito prazer”.
   

Ainda em 2016, a linha Polenghi Sélection foi ampliada com mais duas opções para os amantes por queijo: o Brie Supreme e Camembert Intense. Os lançamentos traziam a personalidade das receitas de mestres queijeiros franceses com um sabor marcante e personalizado, o que os diferenciam dos demais queijos da linha tradicional. E no ano seguinte essa linha voltou a ser ampliada com os queijos tipo Sardo, Reggianito, Pategrás e Provolone Curado. Além disso, novas apresentações dos queijos tipo Parmesão e Parmentino também compunham este portfólio com embalagens já fracionadas de fábrica.
   

Nos últimos anos a POLENGHI continuou inundando o mercado brasileiro com grandes novidades: nova linha de Cream Cheese (2018), nas versões Tradicional, Light e Zero Lactose, que trazia uma nova receita, mais fresca, leve e mais cremosa, ideal tanto para acompanhar torradas e pães ou como ingrediente culinário, deixando as receitas ainda mais saborosas; e CLUB DO MOLHO (2019), uma linha de molhos saborizados para acompanhar snacks, batatas fritas, nachos e hambúrgueres. Esses queijos cremosos vêm em práticas embalagens para quem possui o hábito de mergulhar seus snacks favoritos em molhos. Os molhos são oferecidos em potes de 220 gramas, e devem ser mantidos refrigerados. Porém, podem ser consumidos em temperatura ambiente ou aquecidos (basta retirar o selo de alumínio e colocar a embalagem no micro-ondas por 1 minuto).
  

Em 2020, a marca ampliou sua linha com o lançamento do inédito Fondue Club do Molho Cheddar para ser consumido em casa. Para maior praticidade, o produto também pode ser aquecido no micro-ondas. Além disso, introduziu a linha de Queijos Fatiados Polenghi, porções de mussarela e queijo prato em embalagens de 150 g, práticas, versáteis, com recurso abre e fecha, perfeito para receitas de pratos quentes e frios.
    

A mais recente novidade, lançada no final de 2020, é a tábua de queijos finos Polenghi Sélection A Queijaria, que oferece três variedades de queijos - parmesão, gruyère e reino - porcionados e prontos para o consumo. A embalagem é composta por uma bandeja de papel cartão laminado com um selante especial de alta tecnologia que permite não só proteger o queijo por mais tempo, mas como reduzir o tamanho da própria embalagem. Os queijos já vêm fracionados de fábrica e acondicionados em uma embalagem a vácuo, o que proporciona durabilidade, com validade de até 90 dias.

 

Durante todas essas décadas, a POLENGHI tem se destacado pela capacidade de inovação com o lançamento de produtos revolucionários e pela busca da melhoria contínua dos produtos existentes, se transformando em uma das maiores empresas do segmento no mundo oferecendo ao consumidor um extenso portfólio para vários momentos do dia: seja com Polenguinho durante todo o dia e em qualquer lugar; no café da manhã com Frescatino, cream cheese ou requeijão cremoso; em momentos especiais com a linha de queijos finos como camembert, brie, gruyére, gorgonzola ou fondue; ou até mesmo no segmento de alimentação rápida com queijos fatiados tipo cheddar, prato e mussarela. Por isso, diariamente a POLENGHI procura maneiras de transformar o queijo em uma experiência saborosa.
  

O irresistível quadradinho cremoso 
O irresistível Polenguinho se transformou em um ícone da marca. Lançado na década de 1950, esses pequenos quadradinhos cremosos de queijos se transformaram em sinônimo de uma categoria e líder absoluto em seu segmento, amado e consumido por milhões de brasileiros através de gerações. Isto porque, Polenguinho se transformou em um aliado dos consumidores já que é um snack nutritivo, derivado do leite, e que ao mesmo tempo proporciona versatilidade e praticidade de consumo para quem busca um equilíbrio na alimentação com a correria do dia a dia. Ficou tão famoso que, em 2015, através de uma parceria com o McDonald’s (conheça a história deste ícone do fast food), Polenguinho foi parar como ingrediente do cheeseburguer do McLanche Feliz, disponível por tempo limitado.
    

Ao longo de sua história Polenguinho resolveu aproveitar a força de sua marca para lançar novas versões e produtos. A primeira versão, além da tradicional, foi lançada em 2000 com o Polenguinho Light, uma versão com menos calorias para um dia mais leve. Nos anos seguintes novas delícias foram adicionadas a linha: 
Polenguinho Super (2006): o queijinho nas versões chocolate e morango.  
Polenguinho Pizza (2007): com um toque de orégano, azeite e tomate. 
Polenguinho Pocket Sabores (2014): gruyère, cheddar e gorgonzola. 
Requeijão Cremoso Polenguinho (2014): Tradicional e Light (com 27% a menos de calorias e 35% a menos de gordura). 
Polenguinho Zero Lactose (2016): sem lactose. 
Polenguinho Novos Sabores (2018): peito de peru light e quatro queijos. 
Polenguinho Kids (2019): com polpas de frutas nos sabores Morango e Banana & Maçã.
  

Polenguinho também inovou em embalagens, como por exemplo, em 2010 quando lançou POLENGUINHO POCKET, cuja principal característica era uma embalagem prática e moderna com dois queijinhos de 17 gramas. Dois anos depois essa versão ganharia a opção light, rica em cálcio e com apenas 30 calorias por unidade. Em 2017, essa embalagem passou por uma mudança na abertura, que foi reposicionada da lateral para o meio, tornando-a muito mais fácil de abrir e permitindo que, após ser destacada por completo, transforme-se em uma caixinha menor para que o consumidor coma um dos queijinhos e guarde o outro para comer em outro momento, ocupando menos espaço e sem amassar na bolsa. Voltando para 2015, Polenguinho completou 60 anos e ganhou uma embalagem promocional, uma reedição da primeira embalagem do produto, lançado em 1955. Atualmente Polenguinho é oferecido nas embalagens de 4, 8, 24 e 72 unidades.
  

Atualmente, por meio de um moderno processo de fabricação, cada Polenguinho é preparado e embalado sem nenhum contato manual. Outra facilidade do produto é que ele não precisa de refrigeração e pode, portanto, ser consumido no café da manhã, no lanche da tarde, no carro, na academia, em reuniões e viagens.
  

A marca Polenguinho sempre teve uma forte linha de comunicação, com campanhas que marcaram milhões de brasileiros de várias gerações. Um de seus grandes sucessos aconteceu no início da década de 1980 quando um jingle da marca literalmente “entrou na cabeça” de milhões de brasileiros. Assista abaixo a propaganda e ouça o “pegajoso” jingle.
    

Dessas divertidas campanhas surgiram slogans como “Polenguinho, o gostoso pedaço da vida” (1989), “Polenguinho: o queijinho preferido do Brasil” (1998), “Polenguinho é da Polenghi” (2007), “Polenguinho Pocket, o Polenguinho que roda com você” (2011) e “Polenguinho, o jeito quadradinho de comer queijo desde 1900 e bolinha” (2013).
   

Em um dos mais recentes investimentos de marketing para a marca Polenguinho, em 2018, na busca de entregar um produto cada vez melhor e mais saudável, foi criada uma nova campanha com o slogan “Polenguinho, o lanchinho do bem”, cujo intuito era melhor ainda mais o perfil nutricional do “querido quadradinho cremoso”, sem ele perder seu sabor único. A campanha publicitária ressaltava as melhorias nutricionais que foram feitas para toda a linha, deixando o produto ainda mais cremoso, gostoso e saudável. O símbolo que traduz o conceito da campanha eram as mãos em formato do coração, que no gesto popular representa o amor. Dentro do coração estava o tradicional Polenguinho, demonstrando o quanto a marca é querida pelos seus consumidores nestes mais de 60 anos de liderança no mercado brasileiro.
   

A embalagem de Polenguinho passou por diversas modificações no decorrer dos anos, adquirindo uma imagem mais limpa e moderna. A última remodelação no design ocorreu em 2018.
  

A evolução visual 
O logotipo da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. O primeiro logotipo da marca era composto por um brasão com um capacete e no meio a letra P em vermelho. Décadas mais tarde, a marca apresentou uma nova identidade visual que apresentava mais destaque para o tradicional escudo vermelho com a letra “P”. Uma nova remodelação ocorreu em 2009, quando a POLENGHI apresentou sua identidade de marca repaginada, que ganhou visual mais sofisticado e moderno com a adoção de uma nova tipografia de letra e novos tons nas cores. O tradicional P dentro de um brasão vermelho também foi modernizado e detalhes foram inseridos. Esse logotipo foi modernizado em 2018.
  

Os slogans 
Comer é Poder. (2017) 
O queijo em seu melhor momento. (2009) 
Queijo é cultura. Queijo é Polenghi. (2006) 
Os melhores queijos para cada momento.
   

Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Fundação: 1947 
● Fundador: Imigrantes italianos 
● Sede mundial: São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Polenghi Indústrias Alimentícias Ltda. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Savencia Fromage & Dairy) 
● Diretor geral: Paulo Netto 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 10 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 1.500 
● Segmento: Laticínios 
● Principais produtos: Queijos, requeijões e derivados 
● Concorrentes diretos: Tirolez, Balkis, Scala, Catupiry, Philadelphia, Vigor, Président, Serrabela e Sadia 
● Ícones: O queijo Polenguinho 
● Slogan: Comer é Poder. 
● Website: www.polenghi.com.br 

A marca no mundo 
No Brasil, a POLENGHI, uma subsidiária do grupo francês Savencia Fromage & Dairy, emprega mais de 1.500 funcionários e possui 4 fábricas nos estados de São Paulo (Angatuba), Minas Gerais (São Vicente e Uberlândia) e Goiás (Goiatuba), que produzem as linhas Snacks, Dia a Dia, Polenghi Sélection (queijos especiais) e Food Service (destinada a estabelecimentos comerciais). Sua extensa linha com mais de 100 produtos (desde requeijão e cream cheese até queijos especiais como camembert, brie, gorgonzola e Frescatino) é distribuída em todo território nacional. A empresa também exporta seus produtos para 10 outros países. 

Você sabia? 
O POLENGUINHO é líder do mercado de queijos fundidos de porção com mais de 90% de participação. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Exame, Época Negócios, Isto é Dinheiro e Embalagem Marca), sites de propaganda (Clube do Jingle), jornais (Meio Mensagem e Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 22/3/2021

11 comentários:

Unknown disse...

Olá, sou estudante de Desenho Industrial e estou fazendo um projeto de merchandising do produto polenguinho. Gostaria de saber se vocês conhecem algum concorrente direto desse produto, pois estou com dificuldade de encontrar algum e preciso disso para desenvolver meu levantamento de dados. Obrigada.

maia disse...

oi , boa noite existe uma empressa importadora da marca PRÉSIDENT que é francesa que tem o mesmo produto da polengui ,a importadora se chama allfood ,que vc pode entrar no site dela ou ligar direto e pegar mais informações .obs;só sei por que trabalho com quijos especiais a mais de 15 anos

Anônimo disse...

Oi , boa tarde, estou fazendo um trabalho para a faculdade ( sobre reposicionamento e nosso produto é o Polenguinho Super ) alguém saber me dizer qual é a participação desse produto no mercado, o número médio de consumidores entre 5 e 10 anos e média de vendas??

Unknown disse...

OLÁ, BOA TARDE.....
SOU APAIXONADA POR FOUNDE DE QUEIJO, E AINDA NÃO TINHA PROVADO O FOUNDE DE VCS, DA POLENGHI....
ESSES DIAS COMPREI E PROVEI, É O MELHOR DE TODOS QUE JÁ PROVEI, MUITO SABOROSO E MUITO FACIL DE FAZER................
RECOMENDO A TODOS QUE COMPRE E PROVEM O FOUNDE DE QUEIJO POLENGHI......

johney farias disse...

Oii gente !! gosto muito de queijos ,devido a isso ganhei alguns da marca!!contudo gosaria de saber qual a melhor forma e ou indicação para o Section Camembert!!ser servido ,ou seja,consumido !!Dicas por favor!!

Pedro Paulo disse...

Unn.... sei não, viu? Um dia desses, fui ao mercado e adquiri a fondue da Polenghi e a fondue do Serrabella... O Serrabella tem mais gosto de queijo mesmo... No Polenghi eles devem colocar alguma coisa para dar rendimento... Além disso, a serrabella tem a fondue de gorgonzola, que tb é uma delícia

Slow Food disse...

Voces poderiam iformar se o coalho utilizado na preparação dos queijos da Polenghi são de origem animal ou vegetal/Bacteriana. Sou vegetariano e gostaria de saber se posso ou nao consumi-los.
Grato

Wagner disse...

Valeu pela informação...tava uma briga aqui em casa...meu pai falando que comia muito Polenghinho quando era moleque e minha mãe desmentindo ele, falando que nem existia nessa época, e eu tive que resolver essa parada, e caí aqui nesse blog, gostei tanto que tô curtindo a página no Facebook.
Valeu!!

Anônimo disse...

A Polenghi foi fundada em 1947, por imigrantes italianos e procura diariamente maneiras de transformar o queijo em uma experiência saborosa, com uma linha completa de produtos para várias ocasiões. É uma empresa do grupo Soparind Bongrain, líder mundial de especialidades queijeiras, presente em 116 países, nos cinco continentes, com mais de 17 mil funcionários. Atua no ramo de alimentos, na indústria e comércio de laticínios.
Para maiores informações acesse o site: http://www.polenghi.com.br/site/#/a-polenghi

Anônimo disse...

CONCORRENTE DIRETO - DANUBINHO (MARCA DANUBIO)

Anônimo disse...

Olá, tenho que fazer um trabalho sobre uma industria, e escolhemos a Polenghi, por favor, pode me falar onde encontrar maior detalhes com funciona a linha de produção?