7.5.06

GATORADE


Experimente ir a qualquer evento esportivo, quer seja uma partida de futebol, uma prova de automobilismo, uma maratona ou até mesmo uma academia de ginástica. Dificilmente não verá garrafinhas plásticas ou enormes galões laranja de uma “poção mágica” chamada GATORADE, produto que inventou e desenvolveu as chamadas bebidas isotônicas, e se tornou combustível oficial de milhões de atletas profissionais e amadores. Nenhum outro concorrente foi capaz, e dificilmente será, de roubar sua coroa nesta categoria, mercado no qual reina absoluto com 75% de participação. GATORADE é mais do que apenas um triunfo de marca. É um produto confiável com resultados cientificamente comprovados e aprovados pelos melhores atletas do mundo. Afinal, nenhuma outra bebida consegue hidratar, dar energia e matar a sede melhor que GATORADE. 

A história 
Tudo começou na década de 1960 quando o treinador do time de futebol americano da Universidade da Flórida, Ray Graves, procurava uma solução para a queda de rendimento físico do seu time durante os treinos e jogos que, em uma região de clima tropical, eram realizados sob intenso calor. Para melhorar o desempenho de seus atletas, o técnico pediu ajuda a um de seus assistentes, que fazia parte da equipe de cientistas da universidade comandada pelo professor adjunto de medicina, o nefrologista Dr. Robert Cade. Eram quatro médicos (Dr. Robert Cade, Dana Shires, Alejandro De Quesada e Jim Free) e um desafio: solucionar o problema da desidratação, que matava 25 jogadores de futebol americano anualmente nesta época. Em 1965, os estudos conduzidos por essa equipe de cientistas obteve como resultado uma bebida que proporcionava a reposição rápida de líquidos, carboidratos e sais minerais perdidos com o suor, além de fornecer energia para os músculos em movimento na atividade física. O primeiro teste real da nova bebida aconteceu em uma partida de futebol americano universitário no dia 9 de setembro de 1965. Os “Baby Gators” (apelido do time de calouros da Universidade da Flórida) jogaram a tradicional partida contra o time B (principal). No primeiro tempo, o time B derrotou os calouros, mas no segundo tempo, os novatos tinham muito mais energia – viraram o jogo, marcaram um touchdown e não perderam um ponto até o final. Durante a partida, os novatos ingeriram a nova bebida e o time B, apenas água.


O Dr. Cade batizou inicialmente sua nova fórmula de Seminole Fire Water, e observou que os resultados foram bons e satisfatórios. Ele então levou sua fórmula a uma conferência de atletas e preparadores físicos, e distribuiu a sua bebida para mais de 60 atletas na ocasião. No dia 30 de novembro de 1966, a seção de esporte do jornal The Miami Herald, através de uma reportagem, introduziu a nova bebida para a imprensa e consequentemente à publicidade. Em outubro de 1967, durante um jogo contra a Universidade da Georgia Tech, na disputa do Orange Bowl, final do futebol americano universitário, toda a equipe utilizou a bebida durante a partida. Naquele dia, os Gators, apelido do time da Universidade da Flórida, começaram perdendo, porém conseguiram virar a partida quando a equipe adversária começou a apresentar sinais de desgaste físico. A vitória rendeu elogios à bebida criada pela equipe do Dr. Robert Cade, que foi batizada oficialmente com o nome de GATORADE (algo como “limonada dos Gators”), em homenagem ao time de futebol americano da universidade. Isto porque, devido ao gosto desagradável da bebida os cientistas adicionaram suco de limão (“lemonade” em inglês).


O produto ganhou notoriedade pela conceituada revista Sports Illustrated, quando o técnico adversário, Bobby Dodd, disse que seu time havia perdido para os Gators, em consequência de não terem GATORADE (“We didn’t have Gatorade. That Made the Difference”). No dia 1 de julho de 1968, a mesma revista publicou um artigo, assinado pelo jornalista Gil Rogin, falando dos benefícios da nova bebida. “Equipes esportivas famosas vão ao delírio quando falam sobre o líquido verde-limão, opaco, com alguns atributos estranhos e sabor incomum”, dizia o texto inicial da reportagem de seis páginas. Era a publicidade e a exposição que o novo produto precisava. A universidade mostrou pouco interesse na exploração comercial do produto e os direitos de licença foram vendidos para a empresa alimentícia Stokely Van-Camp. A primeira providência tomada pela nova proprietária foi melhorar ainda mais o sabor da bebida, que não era dos melhores. Um especialista foi contratado e depois de algumas pesquisas, foram acrescentados 2% de açúcar à sua formulação.


No verão de 1968 GATORADE chegava às prateleiras dos supermercados no sabor original de Lemon-Lime (limão). No ano seguinte a bebida deixou o reduto da Flórida e começou a ser comercializada em cidades de outros estados americanos. Em janeiro de 1970, uma nova fórmula de GATORADE chegava aos supermercados. Porém, a grande novidade não estava na bebida, e sim na embalagem. Pela primeira vez aparecia um símbolo que se tornaria ícone da marca: o raio. Esta década foi marcada por ações judiciais da Universidade da Flórida contra a Stokely Van-Camp, que foi obrigada a repassar 20% de royalties sobre o produto GATORADE.


O produto começou a ser largamente distribuído e vendido somente em 1983, quando a Quaker Oats Company comprou a empresa e a marca GATORADE THIRST QUENCHER por US$ 220 milhões. No ano seguinte o produto começou a ser vendido no Canadá. O grande sucesso do produto deve-se também ao Gatorade Sports Science Institute conhecido como GSSI, que teve origem em 1985, na cidade de Barrington, estado de Illinois, para realizar pesquisas e desenvolver produtos ligados à área de nutrição esportiva e hidratação, ajudando atletas a melhorar seu desempenho e cuidar da saúde. Em 1988 o produto chegou ao Brasil (com o slogan “A bebida número um para os atletas”) e a Itália, os dois primeiros mercados da marca fora da América do Norte. No ano de 1993 a marca foi introduzida na Austrália, Cingapura e México. Pouco depois, em 1996, GATORADE já era comercializado em 45 países ao redor do mundo. Durante esta década o produto foi lançado em muitos mercados, disponível em várias embalagens como lata, saquinhos (versão pó) e garrafa, além de novos sabores (melancia, framboesa, maçã silvestre, tangerina, morango-kiwi e cereja), ajudando a popularizar seu consumo em várias partes do mundo.


Em 2001, com a compra da Quaker Oats pela Pepsico por quase US$ 14 bilhões, GATORADE foi parar no portfólio deste gigante, e nos anos seguintes diversificou sua linha com o desenvolvimento de produtos inovadores, além de ingressar em novos mercados, como por exemplo, Índia (2004) e Reino Unido (2008). Se GATORADE nasceu no futebol americano, nada mais justo que permanecer por lá. E foi o que aconteceu em 2011, quando a marca renovou o contrato com a NFL (liga profissional) por 10 anos no valor de US$ 2 bilhões. Mais recentemente, após um reposicionamento, a GATORADE passou de simples isotônico a uma marca de nutrição esportiva, estando presente ao lado dos atletas profissionais e amadores do aquecimento à linha de chegada. Hoje em dia sua fórmula contém a quantidade ideal de carboidratos, sódio e potássio, que estimulam a rápida absorção dos líquidos pelo organismo e ajudam a manter o equilíbrio do corpo. Além disso, GATORADE auxilia no fornecimento de energia para os músculos em movimento durante a atividade física. Por tudo isso, há meio século, GATORADE tem estado presente em quase todos os grandes momentos do esporte ao redor do mundo, servindo de “combustível” para atletas de diferentes modalidades.


GATORADE acabou se tornando sinônimo de bebida esportiva (sports drink), e seu domínio é tamanho que nos Estados Unidos é a bebida isotônica oficial da NFL (Liga Profissional de Futebol Americano), MLB (Liga Profissional de Beisebol dos Estados Unidos), NBA (Liga Profissional de Basquete Americano), WNBA (Liga Profissional de Basquete Feminino), NHL (Liga Profissional de Hóquei no Gelo), Association of Volleyball Professionals (Associação Profissional de Vôlei), US Soccer Federation (Federação Americana de Futebol), MLS (Liga Profissional de Futebol) e muitas outras organizações e ligas universitárias americanas. Além disso, hidrata mais centenas de clubes do futebol mundial, entre os quais Barcelona, Liverpool, Juventus, Arsenal, Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo. Em 2015, a marca anunciou parceira de três anos com a UEFA Champions League. No Brasil a marca é patrocinadora oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e da Confederação Brasileira de Vôlei.


No Brasil, a parceria entra a GATORADE e a CBF resultou na customização da fórmula de um isotônico para cada jogador e uma garrafa inteligente. A garrafa é individual e nominal e contém um chip que mensura o nível de hidratação de cada atleta, de acordo com a quantidade ingerida do líquido. As informações coletadas pelo chip são acompanhadas na tela de um tablet, em tempo real, pela comissão técnica. Os dados são cruzados com os resultados dos testes de suor que têm sido feitos antes e depois de todos os treinos e jogos, desde o início de 2012. Essa análise permite uma recomendação de hidratação de altíssima precisão.


A linha do tempo 
1973 
Lançamento do GATORADE ORANGE, o produto com sabor de laranja. 
1983 
Lançamento do GATORADE RED PUNCH, terceiro sabor do produto a ser introduzido no mercado. 
Lançamento dos sabores de suco de frutas e uva. 
1987 
Lançamento do GATORADE LEMONADE, que seria relançado no ano de 2005. 
1988 
Lançamento do sabor GATORADE CITRUS COOLER
1995 
Lançamento dos sabores de melancia, framboesa e maçã silvestre. 
1996 
Lançamento dos sabores de tangerina, morango-kiwi e cereja (Cherry Rush). 
1997 
Lançamento do GATORADE FROST, uma versão mais light do produto original. 
2001 
Lançamento da E.D.G.E (Ergonomically Designed Gatorade Experience), uma garrafa ergonométrica desenvolvida para permitir ao atleta ingerir o produto mesmo em atividade. 
Lançamento do GATORADE GIDS (GATORADE In-Car Drinking System), um sistema avançado de hidratação para pilotos de automobilismo. 
Lançamento do GATORADE PERFORMANCE SERIES, uma linha nutricional esportiva para atletas profissionais que incluía os produtos Gatorade Energy Bar (barra energética) e Gatorade Nutrition Shake (pó para o preparo de um shake). 
2002 
Lançamento do GATORADE ICE (totalmente transparente) nos sabores (mais leves) de limão, laranja e morango; e do GATORADE Xtremo, direcionado para os consumidores latinos (oferecido nos sabores Tropical, Citrico e Mango), além da embalagem com 6 garrafas (conhecida como six-pack) menores direcionadas para crianças entre 8-12 anos. 
2003 
Lançamento do GATORADE X-FACTOR, mistura de dois sabores em uma única garrafa. 
2005 
Lançamento do GATORADE ENDURANCE FORMULA, um produto com alta concentração de sódio e quatro outras substâncias perdidas com o suor durante a prática de atividade física. 
A tradicional garrafa de vidro disponível desde o ingresso da marca no Brasil em 1988 foi substituída por uma garrafa plástica de 500 ml, mais adequada ao contexto de consumo do produto. 
2006 
Lançamento do GATORADE A.M., produto sem cafeína, com sabores especialmente desenvolvidos para serem consumidos pela manhã. 
Lançamento do GATORADE RAIN, uma versão mais leve e suave que a original. 
2007 
Lançamento do GATORADE G2, o produto original com 50% menos calorias. 
2008 
Lançamento do GATORADE TIGER, uma versão da bebida original formulada especialmente pelo golfista Tiger Woods. O novo produto teve os sabores escolhidos pelo astro do golfe: Red Drive (cereja), Cool Fusion (lima/limão) e Quiet Storm (uva). A linha continha 25% mais eletrólitos que a versão regular do produto. 
2010 
Lançamento do G NATURAL, a bebida original feita com ingredientes 100% naturais como sal marinho, suco de fruta e adoçantes naturais. 
Lançamento da nova G SERIES, uma linha completa de produtos desenvolvida em colaboração com os melhores atletas para ajudar na hidratação, o que é fundamental para o desempenho em qualquer atividade física, ajudando os atletas antes, durante e após o exercício. A nova linha era composta pelos produtos Prime 01 (para ser consumido 15 minutos antes do início das atividades físicas, esta espécie de gel possui alta concentração de carboidratos e vitamina B), Perform 02 (para ser consumido durante a atividade física, este produto, na verdade o isotônico tradicional, possui em sua formulação potássio, sódio e carboidratos) e Recover 03 (para ser consumido após atividades física, é a primeira bebida líquida que possui em sua formulação uma combinação de proteínas e carboidratos que ajudam nas recuperação muscular, repondo o glicogênio para preparar o atleta para o treino do dia seguinte). 
Lançamento da nova G PRO SERIES, uma completa linha de produtos voltada para atletas de alta performance. Esta linha possui produtos específicos para antes, durante e após a prática de atividade física de alto desempenho. 
2011 
Lançamento do GATORADE G SERIES FIT, uma nova linha composta por três produtos desenvolvidos para a prática de exercícios físicos: pequenas barras energéticas (para ser consumida antes dos exercícios), isotônico leve (para ser consumido durante os exercícios) e um isotônico que ajuda na recuperação muscular (para ser consumido após os exercícios).


As pesquisas avançadas 
Tudo começou em 1985 quando o Dr. Robert Murray fundou o Gatorade Exercise Physiology Lab. A inauguração do GATORADE SPORTS SCIENCE INSTITUTE (conhecido pela sigla GSSI), que é uma instituição sem fins lucrativos, veio a seguir, em 1988, visando expandir o conhecimento e compartilhar informações sobre nutrição esportiva e ciência do exercício para melhorar o desempenho e bem-estar de atletas. Fundamentais para o desenvolvimento do GSSI foram as colaborações estabelecidas com os principais pesquisadores das universidades de Ohio State, Yale, Texas e Iowa. Conforme o GSSI continuou a crescer, estabeleceram-se parcerias com os melhores pesquisadores e formadores de opinião no mundo todo, ajudando o Instituto a cumprir sua missão de aumentar as pesquisas e educação no campo. Com sede em Barrington, estado de Illinois, o objetivo principal do GSSI é compartilhar informações e expandir os conhecimentos nas áreas de nutrição e ciências do esporte. Sua missão é ajudar os atletas a otimizarem sua saúde e performance através de pesquisas e ações educacionais sobre hidratação e ciência da nutrição. Mundialmente, mais de 110 mil profissionais ligados às áreas de medicina, nutrição e esporte, recebem informações e as publicações elaboradas pelo GSSI em aproximadamente 145 países. O instituto é assessorado por cinco grupos compostos por renomados cientistas, pesquisadores, médicos, técnicos, treinadores, nutricionistas e esportistas de vários países representando todos os continentes - os Advisory Boards (comitês científicos), e por um grupo especializado em medicina esportiva, chamado Sports Medicine Review Board. Os grupos regionais, chamados de Board of Advisors in Science and Education (BASE), são compostos por representantes de vários países.


Além dos laboratórios próprios em fisiologia, bioquímica, composição corporal e desempenho no exercício, situados em Barrington, o GSSI também inaugurou seu primeiro laboratório satélite na IMG Academies, em Brandenton, estado da Flórida, em 2011. O objetivo é atender um amplo espectro de atletas e ter acesso regular aos atletas no campo de jogo. O laboratório IMG estuda o efeito do clima quente em diversos esportes como o futebol americano, futebol, tênis e golfe. O mais novo laboratório satélite do GSSI foi inaugurado em 2012 na Universidade de Loughborough, no Reino Unido, onde o foco é no atletismo, triatlo e vários esportes coletivos na Europa. Hoje em dia a principal atribuição do GSSI é estudar as necessidades e características de atletas e praticantes de atividade física no mundo todo, assessorando no desenvolvimento do produto através de pesquisas que comprovam a associação do consumo da bebida com melhora de performance e rendimento.


Um erro para entrar na história 
É possível uma marca com esmagadora liderança de mercado na maioria dos países onde atua resolver fazer um reposicionamento total? Sempre é possível, e foi isso que GATOPRADE fez e se deu mal. Aconteceu em janeiro de 2009 quando a GATORADE apresentou uma nova campanha que anunciava não somente uma nova atitude, mas também as novas embalagens e nomes de variantes da marca: Gatorade Fierce foi renomeado como Bring It, Gatorade X-Factor tornou-se Be Tough, Gatorade AM passou a ser chamado de Shine On, Gatorade Rain recebeu o nome de No Excuses. Além disso, Gatorade Tiger passou a dar ênfase no benefício (“Focus”) e o GATORADE regular foi abreviado apenas como “G”. Apenas a linha de baixas calorias G2 manteve a mesma nomenclatura. A criação das novas embalagens foi desenvolvida pela agência TBWA/Chiat/Day e a campanha de lançamento estrelada por diversas celebridades do esporte americano, como o ex-boxeador Muhammad Ali, a tenista Serena Williams, o jogador de basquete Dwyane Wade, o jogador de beisebol Derek Jeter, entre outros. Porém, após uma acentuada queda nas vendas, essa enorme confusão de nomes e produtos acabou tendo vida curta, e, em 2010, a linha foi completamente reposicionada no mercado.


Marketing estrelado 
Alguns fatos e eventos consagraram de uma vez por todas as condições de ícone da marca GATORADE. O primeiro deles ocorreu em 1969, quando a marca desembolsou US$ 25.000 para se tornar patrocinador oficial da Liga de Futebol Americano Profissional (NFL), considerada a mais popular dos Estados Unidos. Outro evento importante ocorreu em 1987 quando o popular time de futebol americano do New York Giants venceu o Super Bowl XXI, evento esportivo mais importante dos Estados Unidos. Nesta temporada os jogadores, liderados por Jim Burt e Harry Carson, começaram a comemorar vitórias importantes com um banho de GATORADE no técnico Bill Parcells momentos antes do final da partida. Este ato, apelidado de “GATORADE DUNK”, acabou virando uma tradição em toda vitória importante dentro do futebol americano, espalhando-se rapidamente para todos os times universitários e profissionais, dando grande visibilidade espontânea ao produto.


O outro fato marcante aconteceu em 1991 quando o astro do Chicago Bulls, Michael Jordan, assinou um contrato de 10 anos no valor de US$ 13.5 milhões, tornando-se garoto-propaganda do produto, sendo lançada, em 1992, à campanha “Be Like Mike” (“Seja como Mike”). Em 2015, como parte da celebração de 50 anos da marca, a histórica campanha foi relançada com três novo comerciais. Um desses filmes se chama “We all still want to #BeLikeMike”, algo como “Nós todos ainda queremos ser como Mike”, na tradução livre.


Para assistir ao antológico comercial de 1992, clique no ícone abaixo. 

 

Dentre os inúmeros garotos-propaganda e embaixadores da marca estão os jogadores de futebol Lionel Messi, James Rodriguez, Landon Donovan, Lucas e Paulo Henrique Ganso, o corredor Usain Bolt, a tenista Serena Williams, os pilotos da NASCAR Jimmie Johnson e Matt Kenseth, os jogadores de basquete Paul George e Dwyane Wade, o astro Michael Jordan, o ex-jogador de beisebol Derek Jeter, o triatleta Chris Legh, o nadador César Cielo, a jogadora de futebol Mia Ham e inúmeros jogadores de futebol americano como os irmãos Peyton e Eli Manning, Can Newton e J.J. Watt.


A evolução visual 
Ousadia. É assim que podemos definir a evolução visual da marca GATORADE. O tradicional raio, símbolo da marca, só passou a fazer parte do logotipo em 1973. Nos anos seguintes a identidade visual passou por pelo menos quatro atualizações.


Depois de utilizar um raio como principal símbolo da marca em seu logotipo, em 2009 sua comunicação visual sofreu uma profunda reformulação, onde o logotipo de GATORADE passou a ser representado apenas pela letra G com um raio no meio, algumas vezes acompanhado pelo nome da marca abaixo.


O atual logotipo da marca pode ser aplicado nas cores laranja, preto, cinza ou com fundo laranja, com ou sem o nome GATORADE.


A tradicional garrafa de GATORADE também evoluiu ao longo dos anos. Antes de vidro, passou a ser de plástico somente em 1989 e ganhou novos designs e formatos.


Os slogans 
Sweat It To Get It. (2014) 
Win From Within. (2011) 
Rehydrate. Replenish. Refuel. (2005) 
Thirst quencher. (2000) Is it in you? (2001) 
For that deep down body thirst. (1992) 
When you give everything, Gatorade gives it back. (2009 - Inglaterra) 
O suor faz magia. (2014 - Brasil) 
Vencer vem de dentro. (2012 – Brasil) 
Com Gatorade você vai mais longe. (2006 - Brasil) 
A Sede Acaba. Você Continua. (2000 - Brasil) 
A bebida número um para os atletas. (1988 - Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 9 de setembro de 1965 
● Criador: Dr. Robert Cade, Alejandro De Quesada, Dana Shires e Jim Free 
● Sede mundial: Chicago, Illinois, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Gatorade Company, Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da PepsiCo Inc.) 
● CEO: Susan D. Wellington 
● Faturamento: US$ 5 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 80 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Bebidas não alcoólicas 
● Principais produtos: Isotônicos, géis de hidratação e barras energéticas 
● Concorrentes diretos: Powerade, Vitaminwater, All Sport, Isostar, Sqwincher, Lucozade Sport e Marathon (Brasil) 
● Ícones: O raio de seu logotipo 
● Slogan: Sweat It To Get It. 
● Website: www.gatorade.com.br 

A marca no mundo 
O produto pode ser encontrado em mais de 50 sabores e variações (dependendo do mercado), sendo vendido em mais de 80 países ao redor do mundo, gerando vendas anuais superiores a US$ 5 bilhões. Anualmente são vendidos mais de 3 bilhões de litros da bebida somente no mercado americano (isso significa aproximadamente 12.2 milhões de garrafas do produto ou 142 por segundo). A marca detém a liderança em importantes mercados mundiais como Estados Unidos, Canadá, México, Itália, Argentina, Indonésia, entre outros. No Brasil, onde a marca detém aproximadamente 70% de participação de mercado, o produto é oferecido em diversos sabores, incluindo laranja, frutas cítricas, limão, maracujá, uva, tangerina e Morango com Maracujá. 

Você sabia? 
A mistura original de GATORADE consistia de água, sódio, açúcar, potássio, fosfato e suco de limão, que foi adicionado para tornar o sabor mais agradável. 
O sabor mais vendido de GATORADE é o Lemon-Lime (limão), seguido do Orange (laranja) e do Fruit Punch. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, BusinessWeek, Isto é Dinheiro, Exame e EmbalagemMarca), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Interbrand e Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 4/9/2015

6 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia !

Gostaria de saber quais sao os concorrentes diretos e indiretos do Gatorade no Brasil e na America do norte? Faço um curso no Canada e meu grupo escolheu como produto o Gatorade e infelizmente nao encontro um concorrente... pela internet

Agradeço desde ja,
A

Anônimo disse...

Querida "A"...
Me chamo Cae, faço facul de PP em Sampa e também estou fazendo TCC sobre Gatorade.
Acredito que possamos trocar muitas informações.
Caso interessar, o meu e-mail é:
monkeycomunicacao@gmail.com

Atenciosamente....
Cae

Anônimo disse...

Muito Obrgrigado pelas informações!
Estou fazendo um trabalho sobre a Gatorade,e queria informações diferentes da mesma!
Ajudou muito memso!

Camila disse...

Ola. Estou fazendo um trabalho sobre o Gatorade. Gostaria de saber os alvos de mercado centrale secundario do Gatorade.
Agradeço

Miami Ram disse...

My cousin recommended this blog and she was totally right keep up the fantastic work!



Aventura Jeep

Sálua Chalhub disse...

Boa tarde!

Adoro a marca e a evolução dela. Qual a agencia que trabalha a marca no Brasil/ Bahia? É possível mandar a resposta por e-mail?

Sálua Chalhub
Croofitness@gmail.com