5.6.06

HERSHEY'S


Uma fábrica de gostosuras que inclui diversos chocolates, dentre eles o famoso Kisses, confeitos deliciosos, balas, um parque de diversão, personagens animados e até uma cidade inteira que possui o aroma irresistível do chocolate. Ou melhor, o Lugar Mais Doce da Terra. Isto pode ser a definição mais precisa da HERSHEY’S, uma das mais tradicionais empresas e parte integrante da cultura americana, que oferece felicidade em vários tipos e sabores de guloseimas feitas com o mais puro chocolate. 

A história 
Tudo começou em 1876 quando Milton Snavely Hershey, um jovem confeiteiro de apenas 19 anos nascido em uma fazenda, abriu uma pequena loja que vendia bombons e doces na cidade da Filadélfia, estado da Pensilvânia. A loja não teve vida longa, fechou depois de seis anos e Milton se mudou primeiro para a cidade de Denver e depois para Nova York, onde trabalhou em uma fábrica de caramelo. Em 1886 se mudou, novamente, para a cidade de Lancaster na Pensilvânia, e abriu sua própria fábrica de caramelos chamada Hershey Lancaster Caramel Company, introduzindo no mercado americano o Hershey’s Crystal A, deliciosos caramelos que derretiam na boca, cuja receita foi desenvolvida por ele. A história começaria a mudar em 1893, após ele visitar a feira World’s Columbian Exposition em Chicago, na qual ficou fascinado por uma máquina alemã de fazer chocolate.


Não demorou muito ele comprou os equipamentos alemães, inicialmente para fazer coberturas de chocolate em seus caramelos, e no ano seguinte, exatamente no dia 9 de fevereiro de 1894 fundou oficialmente a HERSHEY CHOCOLATE COMPANY, instalada ao lado da fábrica de caramelos, produzindo além de cobertura de chocolate, chocolate em pó e chocolate para culinária. Com isso, em 1900 ele vendeu sua fábrica de caramelos, confeitos que ele acreditava apenas ser uma tendência passageira no mercado americano, por cerca de US$ 1 milhão (em valores atuais corresponderia a US$ 24 milhões), e se concentrou somente na produção de chocolates e derivados. Foi nesse mesmo ano que o mercado americano conheceu a primeira barra de chocolate ao leite HERSHEY’S.


Com o dinheiro da venda de sua fábrica de caramelo ele adquiriu aproximadamente 1.200 acres (160 km²) de terras, localizados cerca de 30 quilômetros a noroeste de Lancaster, em sua terra natal, Derry Township (que no ano seguinte foi renomeada Hershey), no coração da Pensilvânia. Tendo em vista o potencial da região, repleta de fazendas, ele vislumbrou que poderia obter ali as grandes quantidades de leite fresco necessários para aperfeiçoar e produzir um chocolate ao leite muito melhor. Extremamente animado com o potencial do chocolate ao leite, que na época era um produto de luxo praticamente exclusivo da Suíça e pouco acessível a população de um modo geral, ele começou na base da experimentação a desenvolver uma fórmula para fabricar o chocolate ao leite e vender ao público americano. Através de inúmeras tentativas e erros, ele finalmente criou sua própria fórmula de chocolate ao leite. Finalmente, no dia 2 de março de 1903, ele começou a construção do que viria a se tornar a maior fábrica de chocolate do mundo.


Com a fábrica já instalada e produzindo, em 1905, ele passou a conceber um modelo para a manufatura de chocolate utilizando as mais recentes técnicas de produção em massa, que tornou o produto acessível a todos, fazendo da HERSHEY’S um verdadeiro exemplo de sucesso. Naquela época uma barra de chocolate era vendida por até cinco centavos de dólar. Nos anos seguintes a empresa continuou crescendo e produzindo uma grande variedade de produtos à base de chocolate, entre os quais as barras de chocolate ao leite com amêndoas, sendo a primeira empresa a comercializar seus produtos nacionalmente. Os produtos da HERSHEY’S, na época vendidos em embalagens nas cores marrom e prata, eram vistos em abundância em mercearias e supermercados, tornando-se parte integrante da cultura americana.


A primeira parte do século 20 assistiu a cidade de Hershey desfrutar de um período extraordinário de crescimento. Isto se deve, em grande parte, ao contínuo sucesso da HERSHEY CHOCOLATE COMPANY e seu comandante. Isto porque o senhor Hershey construiu habitação acessível para seus empregados, escolas, centros comunitários, igrejas, um teatro, um parque de diversões, um sistema de ferrovias, lojas e muitas outras amenidades para a utilização dos seus trabalhadores e da comunidade local. Durante a Grande Depressão Americana, no início da década de 1930, Hershey conseguiu prosperar e não apenas evitou demissões como também contratou novos funcionários e aumentou a autoestima dos que já trabalhavam com ele. Durante a Segunda Guerra Mundial no início da década de 1940, toda a produção da empresa foi voltada para suprir as necessidades do exército americano. Mais de um bilhão de barras de chocolates, especialmente a Field Ration D, com 600 calorias e que não derretia em climas tropicais, foram produzidas nessa época para suprir as tropas. Em 13 de outubro de 1945 Milton Hershey faleceu, deixando um verdadeiro legado: a empresa fabricava aproximadamente 75% de todo chocolate consumido nos Estados Unidos. Era um feito notável.


Na década de 1960 foram construídas as primeiras fábricas fora da cidade de Hershey, localizadas em Ontário no Canadá (1963) e Oakdale na Califórnia (1965). Recentemente a empresa anunciou o fechamento dessas duas fábricas e suas operações foram transferidas para um enorme e moderno complexo localizado na cidade de Monterrey no México. Além disso, a empresa iniciou um forte período de expansão com a aquisição de outras empresas, como por exemplo, em 1963, quando comprou a H.B. Reese Candy Company, então proprietária da marca REESE’S, chocolates em formatos de pequenas tortinhas e recheados com creme de amendoim, criados em 1923.


Somente no início da década de 1970 a empresa lançou sua primeira campanha publicitária nacional composta por mais de 114 anúncios veiculados em jornais. Nas décadas seguintes a HERSHEY’S se expandiu através de muitas aquisições de pequenas empresas proprietárias de marcas famosas como 5TH AVENUE, EAT MORE, CHIPITS, ALMONDJOY e MOUNDS. Além disso, foi ampliando sua linha de produtos com o lançamento de inúmeras novidades deliciosas em diversos segmentos. A partir do final dos anos de 1990, a empresa passou a investir em mercados emergentes, como por exemplo, Brasil, China e Índia, além de expandir sua linha de produtos com a aquisição de marcas locais nesses países. Um exemplo disso ocorreu recentemente, em 2013, quando a empresa adquiriu a Shanghai Golden Monkey Food, produtora chinesa de balas e gomas de mascar. Além disso, a empresa ingressou em novas categorias de produtos com o lançamento de uma linha de bebidas geladas á base de chocolate e leite prontas para o consumo e nova linha de pastas de chocolate (semelhante a Nutella) em três sabores (chocolate, chocolate with almond e chocolate with hazelnut). Mesmo após mais de um século a HERSHEY’S continua a oferecer para milhões de pessoas em todo mundo deliciosas experiências feitas com o mais puro chocolate.


A linha do tempo 
1907 
Introdução dos famosos chocolates KISSES, um dos produtos de maior sucesso da empresa. A história que se conta é que o produto recebeu o nome de “beijos” porque era esse o som que o chocolate fazia ao ser depositado nas formas durante o processo de produção. 
1908 
Lançamento das tradicionais barras de chocolate ao leite com amêndoas (HERSHEY’S MILK CHOCOLATE WITH ALMONDS BAR). 
1925 
Lançamento das barras de chocolate com amendoins (HERSHEY’S MR. GOODBAR). A fórmula do tradicional chocolate em barra foi modificada pela primeira vez somente em 1995, quando ganhou uma quantidade maior de amendoins. 
1926 
Lançamento da cobertura líquida de chocolate (HERSHEY’S SYRUP), iniciando assim uma diversificação em sua linha de produtos. 
1938 
Lançamento do famoso HERSHEY’S KRACKEL, uma deliciosa barra de chocolate com flocos de arroz. 
1939 
Lançamento do HERSHEY’S MINIATURES, embalagens que continham pequenas barras em miniaturas dos principais chocolates da empresa. 
1971 
Lançamento das barras de chocolate amargo (HERSHEY’S SPECIAL DARK). 
1977 
Aquisição da tradicional empresa Y&S Candies, fundada em 1845 e produtora dos deliciosos TWIZZLERS, espécies de palitos adocicados em vários sabores. Hoje em dia esta guloseima é comercializada em vários sabores como chocolate, cereja, melancia, uva, o sabor original morango, entre outros. 
1980 
Lançamento das barras de chocolate em tamanho grande (Big Block/King Size). 
1982 
Lançamento do leite achocolatado. 
1986 
Aquisição da empresa Luden’s, proprietária da marca 5TH AVENUE (barra de chocolate com manteiga de amendoim) e produtora de balas. 
1987 
Aquisição da marca canadense de doces EAT MORE, do chocolate CHIPITS (introduzido em 1946 como pequenas gotinhas e que podem ser utilizadas na culinária também) e da marca OH HENRY! (criada em 1920 como uma barra de chocolate com caramelo e pedaços de amendoins). 
1988 
Aquisição da empresa Peter/Paul Cadbury, dona de marcas como ALMONDJOY (criada em 1946 como um chocolate em barra recheado com coco e amêndoas), MOUNDS (lançada em 1921 como uma barra de chocolate recheada com coco) e YORK (deliciosos chocolates amargo com menta lançados em 1940). 
1989 
Lançamento da barra de chocolate HERSHEY’S SYMPHONY, disponível nas versões chocolate ao leite cremoso e amêndoas com caramelo. 
1994 
Lançamento das barras de chocolate ao leite com cookies (HERSHEY’S COOKIES ‘N’ CREME). 
Lançamento do HERSHEY’S NUGGETS, bombons de chocolate ao leite e chocolate ao leite com amêndoas. A versão com chocolate amargo foi introduzida em 1998. 
1995 
Lançamento do HERSHEY’S POT OF GOLD, pequenas caixas com bombons sortidos de alta qualidade. A versão sem açúcar seria lançada em 2004. 
1996 
Aquisição da fábrica Leaf North America, que produzia a barra de amendoim recheada com caramelo PayDay (introduzida em 1932), as bolinhas de chocolate WHOPPERS (lançadas em 1949), o chocolate ao leite HEATH (lançado em 1932), MILK DUDS (criado em 1928), os chicletes RainBlo (lançado em 1940) e SUPER BUBBLE (criado em 1948) e a tradicional marca de bainhas de frutas JOLLY RANCHER (criada em 1949). 
Lançamento do HERSHEY’S TasteTations, uma linha de balas duras nos sabores caramelo, menta e chocolate. 
2004 
Lançamento das barras de chocolate ao leite em edições limitadas como chocolate branco com amêndoas, chocolate com o dobro de sabor e chocolate ao leite com cookies e menta. 
Lançamento de suas primeiras barras de cereais. 
2006 
Lançamento dos cookies recheados com chocolate (HERSHEY’S COOKIES) e com manteiga de amendoim (REESE’S COOKIES). 
Lançamento das barras de chocolate com apenas 100 calorias (100 CALORIE BARS). Nos anos seguintes várias de suas marcas ganharam esta versão, incluindo os chocolates Reese’s e York. 
Lançamento das barras de chocolate CACAO RESERVE BY HERSHEY’S, feitas artesanalmente com os melhores grãos de cacau de várias regiões do mundo. 
Lançamento do HERSHEY’S STICKS, palitos de chocolates disponíveis em quatro sabores: Rich Dark Chocolate (chocolate amargo), Mint Milk Chocolate (chocolate ao leite com menta), Milk Chocolate (chocolate ao leite) e Caramel filled Milk Chocolate (chocolate com caramelo). 
Lançamento das primeiras barras de granola. 
2010 
Lançamento do HERSHEY’S DROPS, pequenos confeitos redondos de chocolate que foram introduzidos com o slogan “A lot of Hershey’s Happiness in a little drop”
Lançamento do HERSHEY’S AIR, um chocolate aerado leve e suave, feito com delicadas bolhas do puro chocolate ao leite. 
Lançamento da linha HERSHEY’S MILK & MILKSHAKES, composta por bebidas geladas a base de leite e chocolate prontas para beber. 
2013 
Lançamento da LANCASTER, uma linha de irresistíveis balas de caramelo. A linha foi introduzida inicialmente no mercado chinês. O nome da nova linha foi inspirado na primeira empresa de doces de Milton Hershey.


As deliciosas lojas 
Elas são o autêntico paraíso para os gulosos e chocólatras, e a mais potente ferramenta de marketing da marca HERSHEY’S, capaz de mergulhar o consumidor em um mundo dos sonhos proporcionando experiências aromáticas e gustativas sem iguais. Nas lojas temáticas da HERSHEY’S é possível encontrar chocolates, doces, confeitos e guloseimas em embalagens únicas e especiais, além de uma enorme variedade de suvenires como roupas, brinquedos, objetos de decoração e bonequinhos dos famosos personagens da marca. É um verdadeiro mundo HERSHEY’S, que encanta de forma deliciosa desde os pequenos até os marmanjos. O conceito das lojas foi baseado no Hershey’s Chocolate World, centro de visitantes e museu inaugurado em 30 de junho de 1973 na cidade de Hershey, sede da empresa.


A primeira loja, inaugurada em 2002, está localizada na famosa e badalada esquina da Broadway com a Rua 48, na região da Times Square, e faz lembrar uma fábrica de chocolate em plena Manhattan. O cartão postal da loja é sua enorme fachada (são 60 metros de altura e 20 metros de largura) com o maior letreiro luminoso jamais construído na Times Square, composto por 4 máquinas a vapor sobre 4 mil luzes em movimento, 30 luzes programáveis, 56 letras de néon e 14 sinais luminosos. A tecnologia utilizada na fachada é tão avançada que não é encontrada em nenhum outro letreiro do mundo. A HERSHEY’S CHOCOLATE WORLD TIMES SQUARE é uma das lojas mais populares e de maior sucesso financeiro dos Estados Unidos.


A segunda loja, inaugurada em 2005, está localizada na cidade de Chicago em plena Avenida Michigan e se tornou uma grande atração turística. A loja, muito maior que a de Nova York, possui atrações incríveis como uma máquina que mostra como o chocolate é feito e um café temático da marca HERSHEY’S. Hoje em dia, além dessas duas lojas, a marca possui unidades em Niagara Falls, Xangai, Dubai, Cingapura e Las Vegas. A loja de Las Vegas, inaugurada em junho de 2014, está localizada dentro do luxuoso New York-New York Hotel & Cassino, sendo a maior da marca no mundo. Além de oferecer um espaço interativo, onde é possível saborear novas delícias, personalizar presentes e tirar fotos como lembrança, a enorme loja de dois andares traz esculturas de dois símbolos icônicos de Nova York, o Empire State Building, feito com 1.800 barras de chocolate ao leite, e a Estátua da Liberdade, onde foram utilizados quase 800 litros de chocolate ao leite. A colorida e iluminada fachada da loja tem uma barra gigante do chocolate HERSHEY’S tradicional, um grande chocolate Reese’s e vários chocolates Kisses, um dos maiores sucessos da marca.


A sede 
O perfume achocolatado invade o nariz. Denuncia, com leveza, que há algo de diferente nas redondezas de uma pequena cidade encravada ao sul do estado americano da Pensilvânia. Mais à frente, ruas batizadas com nomes sugestivos como “Cocoa” (cacau, em inglês) e “Chocolate” certificam que o visitante chegou a Hershey. A “capital do chocolate”, construída com uma boa dose de utopia pelo lendário e sonhador Milton S. Hershey, descortina-se de maneira fantasiosa e abriga a maior fabricante de chocolates dos Estados Unidos e uma das maiores do mundo. Ali na pequena cidade de 15.000 habitantes, tudo gira em torno da HERSHEY. Os postes públicos que iluminam a cidade têm o formato do famoso Kisses, aquele chocolate que se assemelha a uma gotinha e se tornou um ícone entre os americanos. Os postes são intercalados: uns com a tradicional embalagem prateada e outros sem.


A história da cidade se mistura com a da empresa e vice-versa. Na verdade, a cidade somente se tornou Hershey por conta da fábrica, a primeira de chocolates que o mundo viu surgir. Empreendedor obstinado, Milton Hershey conseguiu um grande feito na época: industrializar o chocolate que, até então, era produzido de forma artesanal, com os melhores exemplares vindos, claro, da Suíça. Da pequena fábrica surgiu um colosso do segmento de doces e, em volta dela, uma cidade que virou atração turística. Um verdadeiro reino com cheiro de chocolate. Há de tudo um pouco: tem o museu Hershey, o zoológico Zooamerica (que abriga mais de 200 animais nativos de cinco regiões do continente americano), o Spa Hershey (oferece uma enorme variedade de tratamentos estéticos à base de cacau e chocolate), o Jardim Hershey, o estádio Hershey, a escola Hershey, um teatro, um luxuoso hotel (construído em 1930 e que possuí 232 quartos), um gigantesco parque de diversões chamado Hersheypark e, para completar, a própria HERSHEY’S.


Uma “fantástica fábrica de chocolate” está ali, funcionando a pleno vapor, localizada em uma avenida de nome sugestivo, Chocolate Avenue. Mas tudo de mentirinha. Carrinhos elétricos, no melhor estilo dos parques de diversões, levam os visitantes para uma viagem ao universo da Hershey’s Chocolate World, centro de visitantes e museu inaugurado em 30 de junho de 1973. Dividido em 5 exposições, o museu conta a história desde a origem do cacau - importado de muitos países, inclusive do Brasil – passando pela saga da família Hershey, pelas inovações e a criatividade de Milton Hershey que revolucionaram a produção do chocolate até as novidades das mais modernas linhas de produção da empresa. É possível também participar de atividades no Chocolate Lab, onde o visitante tem a oportunidade de experimentar chocolates feitos com cacau de diferentes procedências do planeta, bem como fazer barras de chocolate exclusivas com condimentos como pimenta, canela, cacau moído, entre outros ingredientes. Este fantástico centro ainda oferece atrações como um filme em 4D e um pitoresco passeio de bonde. Na saída deste fantástico passeio, há uma enorme loja que oferece tudo o que se possa imaginar com a marca HERSHEY’S, desde chocolates e guloseimas até itens para casa, roupas e acessórios.


A vida e o turismo na cidade são a face cor-de-rosa da história empresarial. Em meio às excitantes montanhas-russas, rodas gigantes luminosas e brinquedos aquáticos fabulosos não há espaço para tristeza. Enquanto se compra um algodão doce, um enorme saco de pipocas ou uma guloseima qualquer, o visitante, que pode se hospedar no sofisticado hotel da Hershey ou fazer uma bela massagem no SPA Hershey, vive apenas o lado doce e feliz de um grupo com 17 fábricas, sendo 10 delas nos Estados Unidos, duas no Canadá, duas no México e uma no Brasil, e emprega mais de 13 mil pessoas. Desde sua fundação a fábrica mais doce do mundo já recebeu a visita de 80 milhões de pessoas.


O parque de diversão 
O HERSHEYPARK nasceu da benevolência de Milton Hershey que idealizava um lugar agradável e reservado onde os funcionários da THE HERSHEY CHOCOLATE COMPANY pudessem passar momentos relaxantes e descontraídos com seus familiares. O parque, um dos mais antigos dos Estados Unidos, foi inaugurado oficialmente no dia 24 de abril de 1907 na cidade de Hershey, estado da Pensilvânia, como um lugar agradável onde os funcionários poderiam fazer piquenique, remar, passear a cavalo ou até mesmo assistir encenações teatrais em um pavilhão. Inicialmente era um lugar reservado somente aos funcionários da fábrica de chocolate, sendo posteriormente aberto ao público. Em 1909 novas instalações surgiram: quadras de tênis, pistas de boliche e uma galeria para exposição de amostras fotográficas.


Nos anos seguintes o local começou a se transformar em um verdadeiro parque de diversões com a instalação de um enorme carrossel em 1912, um pavilhão de dança, um museu (hoje conhecido como The Hershey Museum), um café, um zoológico e uma pequena roda-gigante. Em 1923 o parque ganhou sua primeira montanha-russa. Na década de 1970 teve início uma enorme reforma e expansão, que transformou o complexo em um gigantesco parque de diversão com inúmeras atrações. Atualmente o parque de diversão, que ocupa uma área total de 450.000 m², possui 70 atrações incluindo 12 montanhas-russas, 14 brinquedos aquáticos, 28 atrações familiares, shows, além de muitos restaurantes, cafés e lojas. O parque que adota o slogan The Sweetest Place on Earth (O lugar mais doce da Terra) é um dos mais visitados e populares dos Estados Unidos, recebendo aproximadamente 3.4 milhões de pessoas anualmente.


O logotipo 
No dia 1 de agosto de 1898 a empresa adotou um símbolo bastante distinto: uma pequena criança que segurava uma barra de chocolate dentro de um cacau. O símbolo conhecido como “Baby in the Bean”, apareceu nas latas de cacau HERSHEY’S até 1936, quando foi substituído apenas pela palavra HERSHEY’S. O logotipo foi aposentando somente em 1968. Em 1971 a atual identidade visual da marca foi adotada.


O tradicional logotipo da HERSHEY’S pode ser aplicado de três maneiras distintas, como mostra a imagem abaixo.


A empresa utiliza um logotipo corporativo diferente de sua principal marca. Contendo o símbolo de seu principal produto, o chocolate Kisses, esse logotipo passou recentemente, em 2014, por uma atualização. O nome HERSHEY’S em destaque foi substituído apenas por HERSHEY. Além disso, o símbolo do chocolate Kisses foi estilizado e o nome da empresa, que aparece por extenso, agora está escrito em letras maiúsculas.


Os slogans 
There’s a smile in every Hershey Bar. 
Pure Hershey’s. (2008) 
Palatable confection and a most nourishing food. 
Curta seu chocolate de um jeito diferente. (2012, Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 9 de fevereiro de 1894 
● Fundador: Milton Hershey 
● Sede mundial: Hershey, Pensilvânia 
● Proprietário da marca: The Hershey Company 
● Capital aberto: Sim (1927) 
● Chairman: James Nevels 
● CEO & Presidente: John Bilbrey 
● Faturamento: US$ 7.14 bilhões (2013) 
● Lucro: US$ 820.5 milhões (2013) 
● Valor de mercado: US$ 20.4 bilhões (agosto/2014) 
● Fábricas: 17 
● Lojas temáticas:
● Presença global: 70 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 13.000 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Chocolates, confeitos, balas e chicletes 
● Concorrentes diretos: Mars, Nestlé, Ferrero, Mondelēz e Arcor 
● Slogan: There’s a smile in every Hershey Bar. 
● Website: www.hersheys.com.br 

A marca no Brasil 
A empresa atua no mercado brasileiro desde 1998 quando começou a importação de produtos de grande sucesso nos Estados Unidos, como por exemplo, as barras de chocolate HERSHEY’S, os pequenos chocolates Kisses, Almond Joy e Reese’s. Porém, não demorou muito para perceber que o mercado brasileiro tinha cultura, costumes e necessidades diferentes do mercado norte-americano e que era necessário adaptar os produtos a serem vendidos no país. Por considerar o Brasil um mercado atrativo com enorme potencial e sabendo que para competir de verdade precisaria de uma capacidade produtiva local, a empresa decidiu comprar a divisão de chocolates da tradicional Visconti em julho de 2001. A compra incluiu a unidade fabril localizada em São Roque e as marcas IO-IÔ CREM e Granulado Visconti, já bastante conhecidas pelos brasileiros. Em agosto do ano seguinte iniciou a produção nacional da linha de chocolates em barras e dos famosos Kisses, oferecendo produtos de qualidade diferenciada e embalagens adequadas ao consumidor brasileiro, a preços acessíveis. Esse foi um passo muito importante em sua história, pois a partir desse momento, a empresa passou a ser mais competitiva em um dos maiores mercados de doces e chocolates do mundo.


Mais tarde, diversas mudanças ocorreram nas linhas de produtos da empresa. Além do lançamento do HERSHEY’S MAIS (bolacha coberta com chocolate), cria-se um personagem para a marca IO-IÔ CREM, que é relançada com uma nova e fortíssima identidade visual, além de trazer um novo sabor ao mercado, o IO-IÔ Mix Morango. Os tabletes HERSHEY’S ganham novo layout, que traduzem valores importantes de qualidade, experiência e chocolate com sabor superior, além de deixar a marca mais próxima do consumidor brasileiro. Também são lançados sabores de sucesso como é o caso da barra Cookies’n’ Chocolate. As novidades não pararam por aí. Percebendo as oportunidades, a empresa lançou a linha de barras de cereal HERSHEY’S em 2006 e alcançou 5.2% de participação de mercado em apenas sete meses, ultrapassando fortes concorrentes.


Em 2007, trouxe ao mercado novas linhas de produtos inovadores e adequados às necessidades do consumidor: HERSHEY’S GOURMET (cobertura de chocolate), HERSHEY’S SPECIAL DARK (chocolate amargo com 60% de cacau) e IO-IÔ NUTRICREM (creme de chocolate enriquecido com vitaminas e minerais). Já em 2009, a marca fez parceria com Ovomaltine e apresentou ao mercado o Hershey’s Ovomaltine, uma combinação do chocolate ao leite e dos flocos crocantes. Pouco depois, em 2011, ingressa em um novo segmento - wafer coberto com chocolate - com o lançamento da HERSHEY’S MAIS, além de introduzir o primeiro produto desenvolvido localmente no Brasil, HERSHEY’S PAÇOCA, um chocolate com recheio do tradicional doce de amendoim. Em 2013, através de uma parceria com a Kellogg’s, lançou a barra de chocolate Sucrilhos, que une o chocolate e o crocante do cereal. Hoje, a HERSHEY’S possui mais de 9% do mercado de barras de chocolate no Brasil.


A marca no mundo 
A HERSHEY’S é a maior fábrica de chocolates, confeitos e balas da América do Norte, estando entre uma das maiores do mundo (terceira atrás apenas da Mars e Nestlé) com operações em mais de 70 países, produzindo mais de 2.400 itens diferentes e deliciosos através de 80 marcas consagradas, entre as quais, Hershey’s, Reese’s, Kisses, Twizzlers, Jolly Rancher, York e Kit Kat. Atualmente a empresa é responsável por 38% dos chocolates consumidos nos Estados Unidos, e alcança vendas mundiais superiores à US$ 7 bilhões. Somente no mercado americano seus produtos podem ser encontrados em mais de 2 milhões de pontos de venda. 

Você sabia? 
O famoso chocolate Kit Kat é produzido no mundo todo pela Nestlé quando esta comprou a empresa inglesa Rowntree. Mas como a HERSHEY’S já havia adquirido a licença de produção antes disso nos Estados Unidos, ainda hoje Kit Kat é produzido pela HERSHEY’S somente para o mercado americano. 
Durante uma de suas viagens pela Europa, Milton comprou uma passagem para a viagem inaugural de um imponente navio para os Estados Unidos. No entanto, em abril de 1912, na época do embarque, sua mulher adoeceu, e ele cancelou a passagem. O navio era o Titanic. 
Milton Hershey, veja só, empreendeu tanto que se tornou uma espécie de Henry Ford do chocolate. Em um terreno de 10.000 m², está localizada a The Milton Hershey School, fundada em 1909, com a ajuda de sua mulher Catherine Sweeney, como uma escola para meninos órfãos. Hoje em dia a instituição abriga aproximadamente 2.000 crianças que precisam de apoio social e financeiro. Detalhe: de graça. Com ativos que chegam a mais de US$ 6 bilhões, esta instituição de ensino é uma das mais ricas do mundo. Tornou-se uma das maiores instituições de ensino para crianças até 12 anos dos Estados Unidos. Milton, que não pôde ter filhos, tinha esse lado reconhecidamente filantrópico. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Exame e Isto é Dinheiro), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 28/8/2014

11 comentários:

Anônimo disse...

ola!
estou fazendo um trabalho sobre a marca e voces me ajudaram muito! obrigada

Anônimo disse...

Bah!!! também estou fazendo um trabalho sobre o assunto. Achei muito interessante em saber a história desta marca nos E.U.A. Mas aqui no Brasil, pela pesquisa que eu fiz, não é uma marca muito bem aceita. Até porque as barras de chocolate não são tão macias quanto outras marcas.

Muito obrigado!

Anônimo disse...

Muito obrigada pelas informações.
Fiz um trabalho a respeito da empresa e foi de muita utilidade o site de vcs...
Grata,

Edson S. Ferreira disse...

Olá! Parabéns pela pesquisa!
Sou funcionário da Hershey's Brasil. E reconheço que sua pesquisa está ótima, muito bem entoada e com dados e detalhes surpeendentes, posso dizer até que sabes mais do que alguns funcionários.

Mais uma vez parabéns!

Fico muito feliz em ver esse reportagem.

Forte Abço!

Edson.

Anônimo disse...

O único problema deles no brasil é terem tirado do mercado o ALMOND JOY e a calda de chocolate.
Obs: Encontrados apenas em algumas importadoras.
Pior agora na páscoa a própria Hersheys está importando caixas de bom-bom e kisses especiais (será que não dava para colocar o ALMOND JOY e a calda junto).
E podiam fazer um acordo com a Nestle para poderem comercializar o Kit Kat.
Abraços

Karine disse...

Ah, só hoje vi a matéria sobre a Hershey's. Amo o Almond Joy. Sou louca por ele. E não posso entender por que ele não é mais encontrado no Brasil. Amo chocolate mas ele, para mim, é insuperável! Fico muito triste sempre que penso que não posso mais come-lo.

Anônimo disse...

olá estou fazendo um trabalho sobre a marca hershey´s e gostaria de saber qual é o nome da tipografia utilizada na hershey´s alguém pode me ajuda?

ROBERTO GALDI disse...

COMO E UMA HISTORIA DE GLORIAS,NA AMERICA DO NORTE,O SONHO SE REALIZA,Á CULTURA AMERICANA,DE OPORTUNIDADES,PARA TODOS O SR MILTON HERSHEYS,TEVE ESSA CHANCE,NOS AQUI NO BRASIL PROCURAMOS ESTA OPORTUNIDADE,NA AMERICA PRESIDENTE OBAMA,LUTA PARA QUE Á IMIGRAÇÃO NA AMERICA SEJA MENOS EXIGENTE,SÓ ASSIM AMERICA CRESCERA,POIS OS IMIGRANTES QUE FIZERAM UMA GRANDE NAÇÃO,PARABENS,MR MILTON HERSHEY´S

Erika disse...

Aqui no Brasil a Hershey's não é tão divulgada nem a favorita, sempre fica atrás de outras marcas. Nunca imaginei que fosse uma empresa tão grande, que tivesse uma história tão linda e fosse tão famosa nos Estados Unidos!
Com certeza vou consumir mais a marca, agora que sei que ela ajuda outras pessoas. Muito bonito o que o dono fazia pelos funcionários e a escola para órfãos foi uma iniciativa maravilhosa...

Gabriela disse...

Esses dias ganhei alguns chocolates ao leite da hersheys que me trouxeram dos EUA, e eu achei que o gosto era um pouco diferente do brasileiro mas achei que fosse impressão minha. Comprei o hersheys ao leite brasileiro e comi um logo depois do outro para ter certeza da diferença e realmente o gosto é bem diferente. Acabei achando esse blog porque fui pesquisar justamente sobre isso, você sabe me dizer se isso tem alguma relação com a marca ter comprado algumas outras? Depois de ler isso imaginei que talvez tivesse ocorrido mudança na composição. Eu não sabia dessa história e gostei, adoro a marca, é uma das minhas preferidas até pelo preço.

Fernanda Léo disse...

Que Cia fascinante!
Não é apenas "MAIS" uma marca de chocolates.
Achei muito interessante a inteligência competitiva e intuitiva de se adaptar aos novos mercados respeitando suas particularidades adquirindo produtos locais conhecidos como porta de entrada para os clássicos Hersheys e inovações conforme ao público do país em que atua.
Sem contar o seu espírito filantrópico e de continuar a levar doces momentos Hershey em todo o mundo.
I Love Hershey!