24.8.06

AMSTEL


A AMSTEL, juntamente com a Heineken, se tornou um verdadeiro símbolo holandês no segmento de cervejas. Embora menos conhecida que sua proprietária, a AMSTEL conquistou importantes mercados mundiais com suas cervejas saborosas, que se tornaram sinônimo de ingredientes puros e alta qualidade por um preço acessível. Além disso, a marca carrega uma rica história de pioneirismo e tecnologias inovadoras para introduzir a nova cerveja do século 21. 

A história 
A história da cerveja holandesa AMSTEL teve início no dia 11 de junho de 1870, quando a cervejaria Beiersche Bierbrouwerij de Amstel começou a ser construída na cidade de Amsterdã. A cervejaria foi idealizada por dois empresários da cidade, Jonkheer Charles de Pesters e Johannes H. van Marwijk Kooy, em virtude da alta popularidade da cerveja da região da Bavária na Holanda, que na época possuía aproximadamente 560 cervejarias espalhadas pelo país. Apesar da enorme concorrência, a cerveja foi lançada no mercado como AMSTEL LAGER BIER, tendo seu nome inspirado no Rio Amstel, onde estava situada a cervejaria e de onde era retirada a água para sua produção. As cores vermelha e branca foram adotadas por serem as cores da cidade de Amsterdã. Como diferencial, a nova empresa dedicou-se à fabricação de cerveja tipo pilsener, cuja produção trazia uma complicação técnica que reduzia o número de fabricantes a menos de uma dezena: o produto precisava ficar armazenado por dois meses sob temperaturas próximas à zero graus. Para isso, a AMSTEL retirava gelo dos canais de Amsterdã durante o inverno, e o armazenava em locais cercados por muros duplos para utilização no resto do ano. A cervejaria livrou-se da dependência do rigor do inverno só uma década mais tarde, quando instalou sua primeira máquina de gelo.


Em seus primeiros anos a cervejaria vendia 90% de sua produção para o mercado interno. No ano de 1883 começou a exportar sua cerveja para a Inglaterra, colônias holandesas e Indonésia, iniciando assim o processo de internacionalização da marca AMSTEL. Pouco depois, em 1886, a cervejaria já era a maior produtora de cerveja tipo pilsener da cidade de Amsterdã. Nos anos seguintes a AMSTEL se tornou cada vez mais popular, não somente na cidade de Amsterdã, como também em todo o país. Em 1907, a cervejaria comprou seu primeiro caminhão para entregar barris de cerveja na área de Amsterdã. Já no ano de 1926, a marca era responsável por cerca de 1/3 das exportações de cervejas da Holanda. Em 1937 introduziu no mercado o “Stoop”, um pequeno barril de 10 litros para ser consumido em casa, causando uma grande revolução no segmento, permitindo assim que consumidores pudessem degustar sua cerveja preferida na tranquilidade de seus lares.


O período depois do término da Segunda Guerra Mundial foi de grande crescimento para a marca, tanto no mercado nacional como também no internacional. Na década de 1950 se tornou a primeira cervejaria holandesa a exportar cervejas em lata, além de construir sua primeira cervejaria internacional no Suriname, um pequeno país no norte da América do Sul e na época uma colônia holandesa. Ainda nesta década, no ano de 1956, introduziu no mercado a AMSTEL GOLD, uma versão premium de sua tradicional cerveja fabricada com ingredientes selecionados e uma mistura de malte. A década seguinte foi marcada por um grande crescimento, com construções de novas cervejarias fora da Holanda, conquista de novos mercados mundiais e muitas inovações, como em 1964, quando introduziu o sistema de abertura “Fliptopper” em suas garrafas. Com esse sistema a garrafa podia ser aberta com as mãos facilmente, dispensando assim o uso de abridor. Em 1968 a AMSTEL foi adquirida pela Heineken International, sua principal rival no mercado holandês. Pouco depois, em 1972, a tradicional cervejaria de Amsterdã foi fechada e a produção transferida para a fábrica da Heineken em Zoeterwoude.


Nos anos seguintes, o grande fator para o aumento de sua popularidade no exterior, principalmente no mercado americano, foi o lançamento em 1980 da AMSTEL LIGHT, uma cerveja mais fraca (3.5% de graduação alcoólica) e com aproximadamente 35% menos caloria que a versão tradicional. Na década de 1990 a marca começou a investir muito em patrocínios de grandes eventos culturais, como shows de música e festivais, e competições esportivas, onde a partir de 1994, e por mais de uma década, foi patrocinadora oficial da Copa dos Campeões da Europa (UEFA Champions League), competição de futebol mais importante do continente europeu.


A marca assistiu sua participação mundial aumentar enormemente a partir de 2005, quando lançou no mês de dezembro a AMSTEL PULSE, inicialmente no mercado russo. Esta nova cerveja pilsener tinha sabor leve e refrescante, originário do processo de microfiltragem. A cerveja também chamou a atenção por sua garrafa de vidro transparente e longilínea de design único. Com o crescimento pela sua apreciação global de um público que busca uma bebida refrescante e fácil de beber, a AMSTEL PULSE ganhou espaço na cidade de Amsterdã e em muitos outros mercados mundiais, como por exemplo, Hungria, Austrália, Grécia, Itália e até no Brasil. Em 10 de julho de 2008 a AMSTEL PULSE foi premiada por sua garrafa de design inovador no prestigiado Festival de Cannes. A partir de 2014, a Heineken resolveu investir na marca no Brasil e passou a produzir AMSTEL localmente, primeiro na versão chope e depois em garrafas de 600 ml e latas de 350 ml, que mais recentemente ganhou as versões latas mini (269 ml) e a grande (473 ml). Uma das mais recentes novidades da marca é a AMSTEL XLIGHT, uma cerveja light com apenas 90 calorias, 2 gramas de carboidrato e 4.2% de teor alcoólico.


Ingredientes naturais selecionados e sem aditivos. Sabor leve e refrescante. A tradição europeia em equilíbrio com a modernidade de Amsterdã. Produzida com o cuidado de quem sabe fazer cerveja há mais de 150 anos. Assim é AMSTEL. Atualmente a marca comercializa uma completa linha de cervejas composta pela versão tradicional (AMSTEL LAGER), light (AMSTEL LIGHT), Premium (AMSTEL PREMIUM PILSENER), escura (AMSTEL 1870), bock (AMSTEL BOCK), trigo (AMSTEL WHEAT), pale lager (AMSTEL BRIGHT), com suco de limão (AMSTEL RADLER), sem álcool (AMSTEL ZERO) e cidra sem álcool (AMSTEL RADLER 0,0%).


A evolução visual 
O tradicional logotipo da marca, batizado de “bulls eye” e utilizado há mais de 60 anos, passou por algumas modificações ao longo deste período. Recentemente o tradicional logotipo foi modernizado, ganhando uma nova interpretação. Uma curiosidade: na parte superior do logotipo existe um par de leões brancos que parecem estar lutando, esse símbolo foi emprestado do brasão que representa a cidade de Amsterdã, onde a cerveja surgiu.


Já no Brasil, a marca holandesa utiliza uma identidade visual com pequenas diferenças.


A tradicional garrafa da cerveja AMSTEL também evoluiu ao longo dos tempos, como mostra a imagem abaixo.


No Brasil a marca utiliza embalagens e comunicação visual diferente, com predominância da cor dourada.


Os slogans 
Serious about beer and friendship since 1870. (2016) 
Taste life. Pure Filtered. (2009) 
Amstel. Our beer. (2008) 
Squeeze the best out of life. (Amstel Pulse) 
Savor Complexity. (2012, Amstel light) 
Live Tastefully. (2007, Amstel light)
The beer drinker’s light beer. (1999, Amstel light) 
Could be the world’s best tasting light beer. (1999, Amstel Light) 
Vai de Amstel que não tem erro! (Brasil) 
Quem bebe Amstel sabe a diferença. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Holanda 
● Fundação: 11 de junho de 1870 
● Fundador: Jonkheer Charles de Pesters e Johannes H. van Marwijk Kooy 
● Sede mundial: Zoeterwoude, Holanda 
● Proprietário da marca: Heineken N.V. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Jean-François van Boxmeer 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 90 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Cervejarias 
● Principais produtos: Cervejas e chope 
● Concorrentes diretos: Stella Artois, Carlsberg, Tuborg, Holsten, Grolsch, Beck’s e Budweiser 
● Slogan: Serious about beer and friendship since 1870. 
● Website: www.amstelbrasil.com 

A marca no mundo 
A AMSTEL, terceira cerveja mais consumida da Europa, é vendida em mais de 90 países ao redor do mundo, com produção anual superior a 40 milhões de litros. A marca tem como principais mercados mundiais a Holanda, Grécia, França, Espanha, Hungria, Itália, Estados Unidos e África do Sul. A versão LIGHT da marca é uma das cervejas importadas mais consumidas do mercado americano em sua categoria. A AMSTEL pertence à cervejaria Heineken, que possui um portfólio global de mais de 250 marcas, sendo a quarta mais vendida pela empresa holandesa, atrás apenas da própria Heineken e das mexicanas Tecate e Sol

Você sabia? 
A AMSTEL é patrocinadora da UEFA Europa League (2015-2021), segundo campeonato de futebol mais importante do continente. 
A AMSTEL LIGHT está disponível apenas em alguns mercados, como por exemplo, o americano, o inglês, o mexicano e o holandês. Na França a marca produz uma cerveja quase sem álcool batizado de AMSTEL FREE. 
Desde 1966 a cerveja é patrocinadora da AMSTEL GOLD RACE, uma tradicional corrida profissional de ciclismo de estrada que acontece em apenas um dia no final de abril na província de Limburgo na Holanda. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), jornais (Meio Mensagem, Valor Econômico e Folha), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 29/5/2017

9 comentários:

Anônimo disse...

sabe onde vende essa cerveja em sp? se soube, me manda um email tiagogil@gmail.com

valeu!

Anônimo disse...

Estou muito satisfeita com as informações contidas no site, porém, percebo a importância de fazer uma ressalva: Brasil no RS, em Santa Maria, temos oportunidade de conhecer esta magnífica cerveja, na praça de alimentação do shopping Monet, específicamente na sanduicheria CauLu.

Anônimo disse...

A Amstel Lemmon é tudo e um pouco mais que as outras.

Bruno Silvã Machado disse...

Excelente conteúdo!! Só precisa ser atualizado já que não consta nada sobre a Amstel Lager.

André Queiroz disse...

Comprei uma lata da Amstel Later por 2,50 reais pra provar aqui em Belém e não me arrependi. Achei até mais gostosa e refrescante que a heineken.

Solskhaer - DF disse...

Comprei uma latinha para experimentar. Já estou na terceira caixa, bonita e gostosa de ver e beber!

daniel gonçalves machado disse...

Aqui no sul, está mais barato que a Skol... Boa cerveja

Bruce Haas disse...

Excelente breja!

Distribuidora Docemel disse...

Nossa gente, sinceramente... Provei a Amstel Lager e estou amando beber ela.. Muito gostosa!