26.9.06

PONTO FRIO


O PONTO FRIO está presente na vida de milhões de brasileiros comercializando eletrodomésticos, eletrônicos e móveis das melhores marcas e serviços associados, satisfazendo plenamente as necessidades e sonhos de consumo, superando expectativas e assegurando um alto índice de fidelidade com excelência no atendimento. 

A história 
A história começou no dia 12 de junho de 1946, na cidade do Rio de Janeiro, quando o jovem imigrante romeno Alfredo João Monteverde fundou a empresa Globex, apostando na importação e venda de produtos como pneus e outros artefatos. A venda de eletrodomésticos teve início com a importação de mil refrigeradores da marca americana “ColdSpot”, que alcançou tanto sucesso nas vendas e aceitação dos consumidores, que a empresa passou a ser conhecida como PONTO FRIO, nome fantasia criado a partir da tradução do nome ColdSpot para o português. Os produtos importados, especialmente os eletrodomésticos, despertaram o interesse dos consumidores de tal maneira, que acabaram determinando a necessidade de abertura de uma loja no centro do Rio de Janeiro, em 1950, para exposição das novidades e para a satisfação de suas necessidades de consumo. A nova loja vendia máquinas de costura e refrigeradores importados e até fogões nacionais. Surpreendendo o mercado, o jovem empresário deu aos brasileiros a oportunidade de terem acesso ao conforto, segurança e tecnologia, que outros países do mundo já há muito tempo desfrutavam.


A partir da década de 1970, a rede iniciou um forte processo de expansão para a capital, Brasília, e pouco depois para os estados de Goiás e Minas Gerais, com a inauguração de novas lojas. Somente a partir de 1992 a rede ingressou fortemente no estado de São Paulo com a aquisição das Casas Buri e na região sul do país. Na busca de novos canais de venda, a empresa criou um canal de vendas por telefone – televendas – e lançou seu site na internet em 1996, inicialmente somente para consultas sobre os produtos comercializados e informações corporativas, que se tornou um forte e importante canal de vendas online a partir de 1997. No ano seguinte, a empresa diversificou o mix de produtos oferecidos em suas lojas, apostando também em equipamentos de informática e telefonia celular, ampliando seu mercado de atuação. Dessa forma, a empresa diminuiu sua dependência em relação aos chamados produtos da linha branca.


Em 2000, a empresa arrematou em um leilão público os 81 pontos de venda da rede Disapel. Com essa aquisição, o PONTO FRIO reforçou sua presença na região sul do país e passou a liderar o ranking do setor em números de lojas. Inovou também no varejo eletroeletrônico ao inaugurar sua primeira Megastore na Marginal Tietê na cidade de São Paulo. Em 2003, além de inaugurar sua segunda Megastore, no Barra Shopping no Rio de Janeiro, resgatou o antigo slogan “Ponto Frio Bonzão”, que estava em desuso há oito anos, relançando-o no mercado como “Bonzão da Prestação”. Para inaugurar a nova fase, que tinha como objetivo fazer com que a empresa retomasse a liderança no setor, o PONTO FRIO reformulou, em apenas uma noite, a fachada de todas as suas lojas, o laranja e o preto deram lugar a cores quentes, como o vermelho e o amarelo, e espalhou 700 outdoors pelo país. O símbolo da rede – o pinguim - também foi resgatado e aparecia ao lado da garota-propaganda Viviane Romanelli nas campanhas publicitárias da marca.


Em maio de 2006, o Cartão de Crédito Ponto Frio Unicard passou a ser oferecido em todas as lojas da rede como um instrumento estratégico para aumentar a fidelização e estreitar o relacionamento com os clientes da marca. Nesta época a empresa lançou no mercado um novo serviço: Ponto Frio Fotos, um serviço em que usuários podiam revelar fotos digitais com toda comodidade, via web, além de dispor de vários formatos e facilidades. Em 2007, a rede decidiu expandir sua atuação para a região nordeste, sob um novo formato de loja, o Ponto Frio Digital (loja diferenciada com foco em produtos de tecnologia, como cine-foto, áudio, vídeo, informática e celulares) e que seria fechada posteriormente. No início do mês de junho de 2009, o Grupo Pão de Açúcar (conhecido como GPA) anunciou a compra da rede PONTO FRIO por R$ 824.5 milhões. Poucos meses depois, aconteceu a fusão da Casas Bahia com o PONTO FRIO, que passaram a serem controlados pelo Grupo Pão de Açúcar. Nos anos seguintes a rede PONTO FRIO passou por uma reestruturação, fechou lojas deficitárias, teve sua imagem corporativa e das lojas totalmente remodeladas, inaugurou as primeiras lojas “conceito”, especialmente projetadas para o público de shopping centers, e foi reposicionada no mercado para atrair clientes de alta renda com a inauguração das chamadas lojas premium (com foco na venda de itens de tecnologia e na interatividade com o público).


Além disso, para acompanhar a evolução do varejo, a rede inaugurou novos conceitos de lojas, como por exemplo, em 2014, ano em que a empresa ingressou no segmento de móveis planejados, com a PONTO FRIO MOBILE (que oferece as últimas novidades em smartphones, tablets e acessórios de marcas mais desejadas, e onde o consumidor tem a sua disposição consultores capacitados em tecnologia e ferramentas exclusivas, que indicam, de acordo com o seu perfil, o aparelho certo, o plano na medida, a operadora ideal e o melhor preço), ou em 2017 com a PONTO FRIO SMART (com maior integração dos ambientes online e físico, onde os clientes podem utilizar totens touchscreen para acessar o catálogo de outros produtos que não estão em exposição, bem como informações adicionais do item pretendido. As lojas são aproximadamente 25% menores do que as do formato convencional, com maior otimização dos produtos expostos, priorizando as principais categorias e os itens com maior giro de vendas, além da aplicação de novas tecnologias para demonstração de produtos não expostos fisicamente nas lojas).


Atualmente a estratégia de diferenciação em relação à concorrência não se resume somente ao melhor preço, mas está fundamentada na seleção de conceitos que atendam de forma ampla às necessidades e à satisfação dos clientes. O PONTO FRIO deseja prestar sempre o melhor serviço, oferecer os melhores produtos e os últimos lançamentos, os melhores preços e as melhores condições de pagamento, além de, em especial, o melhor atendimento. Um exemplo disso é o atendimento ao cliente, batizado de SAC Bonzão.


A mascote 
O pinguim, popular mascote da marca, faz parte da comunicação visual do PONTO FRIO desde 1950. Ele foi adotado como símbolo da marca na chegada de um desses visitantes ao sul da Praça Mauá, no Rio de Janeiro. O pinguim foi adotado por Alfredo Monteverde e por Maria Consuelo, sua primeira funcionária. Desde então passou a fazer parte do logotipo da marca. Muito tempo depois, no ano de 2008, passou a ser presença constante nas redes sociais da marca, onde fez enorme sucesso entre os internautas e se tornou um case de sucesso em interação, como por exemplo, em 2012, quando vendeu R$ 20 milhões sem qualquer investimento em mídia, utilizando apenas seus perfis nas redes sociais para divulgar as ofertas. E finalmente, no mês de junho de 2015, ele foi alçado a garoto-propaganda ao se tornar a estrela principal das campanhas de TV, onde ganhou uma versão em fantoche, com direito a voz.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. Nos anos de 1980 ocorreram duas mudanças significativas: primeiro a marca adotou a cor vermelha e depois a amarela, com o pinguim posicionado ao lado esquerdo do nome. Em 2000 o PONTO FRIO reformulou totalmente seu logotipo que passou a adotar cores mais vivas como o vermelho, em substituição ao tradicional amarelo. Além disso, o pinguim ganhou um novo design e foi centralizado.


No ano de 2003, o logotipo passou por uma modernização. Após sofrer mais uma pequena modernização em 2009, no ano de 2011 ocorreu uma nova mudança: o pinguim foi posicionado do lado direito, com o nome da marca escrito em letras minúsculas em vermelho. A fonte da letra foi arredondada, evidenciando ainda mais o nome da marca. Além disso, o pinguim ganhou um novo design.


Os slogans 
Viva a inovação. (2012) 
Tudo de melhor pelo melhor preço. 
Tudo o que você precisa. 
 Ponto frio faz melhor pra você e ponto. 
Ponto Frio faz melhor. E ponto. 
Você pode comprar melhor. 
O Bonzão da prestação. 
Ponto Frio Bonzão. (década de 1990) 
Você Clica. A Gente Entrega. (online)


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Fundação: 12 de junho de 1946 
● Fundador: Alfredo João Monteverde 
● Sede mundial: São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Via Varejo S.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● Presidente: Flávio Dias 
● Faturamento: R$ 5 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 220 
● Presença global: Não (presente somente no Brasil) 
● Funcionários: 10.000 
● Segmento: Varejo 
● Principais produtos: Eletrodomésticos e produtos eletrônicos 
● Concorrentes diretos: Fast Shop, Magazine Luiza, Casas Bahia e Ricardo Eletro 
● Ícones: O pinguim 
● Slogan: Viva a inovação. 
● Website: www.pontofrio.com.br 

A marca no Brasil 
O PONTO FRIO, terceira maior rede varejista do Brasil em seu segmento, em termos de receita líquida, está presente em 9 estados brasileiros e no Distrito Federal com 220 lojas (mais de 180.000 m² de área de venda), dentre as quais está uma das maiores lojas de eletrodomésticos da América Latina, localizada em São Paulo. Além disso, possui a operação de vendas para pequenos e médios varejistas e o canal de vendas corporativas, pelo qual comercializa seus produtos diretamente às empresas. Em paralelo à venda de produtos, a empresa oferece aos seus clientes outros serviços, que funcionam como instrumentos de fidelização, tais como garantias especiais de compra, seguros, recarga de celulares e serviços de correspondente bancário. 

Você sabia? 
No Rio de Janeiro, muitos consideravam Freddy Monteverde um louco. Outros, um milionário excêntrico. Ele se matou muito cedo, com 45 anos em função de uma crise depressiva, mas deixou, porém, um dos exemplos de negócios mais bem-sucedidos no setor de varejo no Brasil. 
A empresa foi pioneira na adoção do sistema de crediário em grande escala no país, assim como na utilização de novos canais de venda, como televendas e a internet. 
Até antes de sua venda para o Grupo Pão de Açúcar, Lily Safra, que foi casada com Freddy Monteverde e viúva do bilionário banqueiro Edmond Safra, era acionista majoritária da rede. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Época Negócios, Exame e Veja), jornais (Valor Econômico, Meio Mensagem, Folha e Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 13/6/2018

3 comentários:

Paulo Cesar gomes disse...

Ponto Frio vende, e depois ignora o cliente!
Comprei um sofá e ele quebrou com 92 dias de uso, me falaram que a garantia era de 90 dias, que eu tinha que ter comprado a garantia extra.....um verdadeiro absurdo, é como se eu tivesse que pagar um seguro de sofá, assim como faço com meu carro...
Conclusão: um sofá de R$900,00 vida útil 92 dias....

bkplus disse...

Nenhum respeito ao clinte!

//_\\ disse...

O Ponto Frio pra mim é a melhor empresa varegista e além de ser a mais tradicional!!!
é o famoso bonzão!!