26.7.10

CYNAR


CYNAR tinha tudo para dar errado: um sabor esquisito, que variava entre o amargo e o doce; era feito de folhas de alcachofra; e possuía uma essência estranha. Mas, experimente entrar em qualquer bar e você irá comprovar que a tal bebida italiana é uma das mais populares, sendo consumida como ingrediente para vários drinques, especialmente o famoso Rabo de Galo, aqui no Brasil. 

A história 
O que se sabe é que o produto teria sido criado pelo empresário veneziano Angelo Dalle Molle e foi lançado no mercado italiano em 1952, produzido inicialmente pela empresa G.B. Pezziol da cidade de Pádova, de propriedade dele e de seus irmãos Amedeo e Mario Dalle Molle. Era uma bebida alcoólica com 16.5% de graduação cuja fórmula era feita a base de folhas de alcachofra e 13 ervas aromáticas e raízes. O resultado era um aperitivo de coloração marrom-escuro, completamente natural, com essência rica e sabor único, que misturava o amargo com o doce (agridoce). Como as folhas de alcachofra (Cynara Scolymus) eram o ingrediente predominante, o nome do novo produto derivou de sua denominação científica. Sua história inicial de sucesso no mercado italiano esteve intimamente ligada com os famosos comerciais de televisão veiculados na década de 1960 e estrelados, primeiramente por Ferruccio De Ceresa e, a partir de 1996, por Ernesto Calindri (imagem abaixo), que mostravam o carismático ator bebericando CYNAR sentado em uma mesa no meio de uma rua movimentada, pedindo aos consumidores que bebam CYNAR “contra a tensão da vida moderna” (em italiano “Cynar contro il logorio della vita moderna”). Ernesto Calindri esteve ligado à marca italiana até 1984. No Brasil, a bebida chegou também na década de 1960, e sua grande popularidade se deveu a união de CYNAR e da cachaça, que resultou no popular rabo de galo, famoso nos botecos pelo país afora.


Com a popularidade dos comerciais, os italianos passaram então a consumir CYNAR como um aperitivo digestivo, que podia ser bebido com gelo ou misturado com soda, limão, água tônica ou suco de laranja, hábito que se espalharia pela Europa nos anos seguintes. Em 1995, a marca CYNAR, já extremamente popular no continente europeu, foi adquirida pela empresa Campari, um dos principais grupos globais no setor de bebidas alcoólicas, presente em mais de 190 países. Nos anos seguintes o produto foi introduzido em vários novos mercados mundiais, tendo como posicionamento um aperitivo digestivo ideal para ser consumido depois das refeições, especialmente após o jantar. Apesar deste posicionamento, CYNAR se transformou em uma das bebidas mais versáteis do mundo, utilizada como ingrediente de inúmeros coquetéis, como acontece no mercado americano; ou até mesmo misturado a cerveja, como é popularmente consumido na França. No Brasil a bebida se tornou extremamente popular nos bares por fazer parte do famoso “Rabo de Galo” (onde CYNAR é misturado à algum aguardente).


Em 2007, com o intuito de agregar valor e tornar a garrafa mais sofisticada e moderna, CYNAR ganhou novo rótulo e design, seguindo um alinhamento de identidade visual de acordo com os outros países em que a bebida é comercializada. A garrafa passou a ser verde, mais fina, recebeu uma nova tampa e ganhou o logotipo impresso em alto relevo. O rótulo passou a ser mais estreito, com cores vibrantes e trazia o logotipo da marca aplicado em 3D, além de ter em destaque o selo de qualidade italiana do produto. No Brasil, para comunicar a nova embalagem aos consumidores, foram utilizados cartazes com a chamada “Novo Visual de Cynar. Só o Sabor Não Mudou”. Além disso, o slogan “Conversa de bar tem que ter Cynar” ganhou ainda mais destaque. Outra ação da campanha fez com que a marca CYNAR invadisse mesas de bilhar de milhares de bares (onde o slogan da marca foi estampado nos feltros verdes), no estado de São Paulo, tendo a intenção de estreitar o relacionamento com seus consumidores.


Parece um pouco estranho, mas nos últimos anos, um bitter feito de alcachofra tem conquistado o coração de consumidores e mixologistas. Isto porque, CYNAR passou a fazer parte de vários drinques como ingrediente principal, muitos deles criados por barmans para realçar a tradicional bebida. Com essa estratégia, CYNAR começou a conquistar um público mais jovem e descolado. CYNAR, que fez fama no balcão de padarias e bares, parece estar conquistando um público exigente e cosmopolita. Além disso, a marca lançou o CYNAR 70 PROOF, produzido a partir da mesma receita do original, porém com o dobro de graduação alcoólica (35%), o que o torna mais forte, com os aromas e sabores mais concentrados.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por uma alteração radical há anos atrás. Antes totalmente vermelha, ganhou inclinação e uma nova tipografia de letra, que era dotada no rótulo.


A garrafa de CYNAR também evoluiu no decorrer dos anos, mas sempre manteve seu tradicional rótulo com a presença da alcachofra. Depois de uma atualização em 2007, mais recentemente o rótulo ganhou a forma de um losango.


Os slogans 
Que beleza de alcachofra. 
Conversa de bar tem que ter Cynar. (2007) 
L’amaro vero, ma leggero. 
L’amaro al carciofo celebre per la sua versatilità e il suo gusto. 
Cynar: contro il logorio della vita moderna. (1966)


Dados corporativos 
● Origem: Itália 
● Lançamento: 1952 
● Criador: Angelo Dalle Molle 
● Sede mundial: Milão, Itália 
● Proprietário da marca: Davide Campari-Milano S.p.A. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Bob Kunze-Concewitz 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 35 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Principais mercados: Brasil, Itália e Suíça 
● Segmento: Bebidas alcoólicas 
● Principais produtos: Bitter a base de alcachofra 
● Concorrentes diretos: Fernet-Branca, Averna, Cinzano, Martini, Campari, Aperol, Underberg, Jägermeister e Carpano Punt e Mes 
● Slogan: Que beleza de alcachofra. 
● Website: www.cynar.it 

A marca no mundo 
Hoje em dia a marca CYNAR, que pertence ao grupo italiano Campari, é comercializada em mais de 35 países ao redor do mundo, tendo como principais mercados Brasil (onde mais se consome a bebida no mundo), Itália, Suíça, Alemanha e França. 

Você sabia? 
No Brasil, CYNAR é líder absoluto em sua categoria com mais de 50% de participação de mercado. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Época Negócios e Exame), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 2/8/2018

4 comentários:

Anônimo disse...

Sou muito fã do bitter Campari, tomo com gelo, puro. Mas Cynar pra mim é só um ingrediente de drinks mesmo, nunca ousei tomar puro ou como cocktail. Vou esperimentar

Anônimo disse...

A bebida e a marca foi lançada por volta de 1960 por Giuseppe Vanossi tendo como empresa fabricante a Fábrica de Licores Finos Turim Ltda. e com a introdução mudou de nome e passou a chamar-se Grandes Marcas Internacionais S/A. Em 1966 foi produzida pela Ind. de Bebidas Milani com supervisão do próprio Dr. Vanossi que depois vendeu a marca para a própria Milani que negociou com a Campari. Trabalhei neste período nas duas empresas juntamente com o Dr.Vanossi

Walbert disse...

Bom mesmo é com pinga...famoso Rabo de Galo

Unknown disse...

Tomo puro, sem gelo, há tempos. Realmente fantástico